4.2 // TURISMO 

Um dos marcos históricos mais importantes da humanidade está na Turquia

Göbeklitepe, local existente há mais de 12 mil anos, é considerado o mais antigo complexo de templos e o mais longínquo lugar de peregrinação do mundo. Antes das grandes religiões monoteístas, dos deuses gregos, do antigo Egito e dos hititas, Göbeklitepe já existia.

Cerca de 10 mil anos antes de Jesus percorrer a Terra, peregrinos vinham de toda a Mesopotâmia para visitar o enorme complexo de templos construídos em Göbeklitepe.

Isso coincide com a primeira vez na história da humanidade em que passou-se das sociedades de caçadores para sociedades agrícolas. Logo, os humanos aprenderam a usar e cultivar cereais silvestres nas proximidades de Karaca Dağ, que é o local que muitos geneticistas acreditam ser onde os primeiros grãos foram cultivados. Por isso, muitas pessoas foram trocaram seu estilo de vida nômade por uma vida agrícola. Isso levou ao surgimento das primeiras cidades e vilas permanentes e parece ter levado à construção do primeiro complexo religioso em lugar fixo, em Göbeklitepe.

O que e como sabemos sobre Göbeklitepe?

Sabemos as datas de mais de 200 megálitos (bloco de pedra de grandes dimensões) em forma de T em cerca de 20 círculos. Cada pilar é absolutamente maciço – 6 metros de altura e até 10 toneladas. Eles foram encaixados em soquetes esculpidos na rocha, todos feitos de engenharia bastante impressionante para uma sociedade que antes se pensava ser capaz de fazer pouco mais que pintura em cavernas. Esculpidos nos pilares e outras rochas do complexo estão montadas figuras de animais.

Esses pilares datam do de 10 mil anos a.C., mas há evidências de que poderia ter sido um centro espiritual antes disso, o que mudaria o que sabemos sobre a natureza das sociedades de caçadores e sua transformação em sociedades agrícolas.

Não é apenas a existência desses pilares que é fascinante, mas o fato de que parece não haver praticamente nenhum elemento residencial no complexo. Isso sugere que, em vez de uma capital imperial de algum tipo, Göbeklitepe era um templo cerimonial sagrado, um local de peregrinação onde as pessoas vinham de toda a Mesopotâmia para adorar.

Os arqueólogos escavaram intencionalmente apenas cerca de 5% de Göbeklitepe, esperando até que novas técnicas sejam inventadas e a área possa ser completamente escavada sem chance de danos. Todos os motivos dos animais esculpidos nos pilares sugerem que as criaturas eram imensamente importantes para a estrutura da crença, e há evidências de que os ossos foram esculpidos ritualisticamente. Alguns arqueólogos acreditam que novas escavações revelarão cemitérios de animais em massa com objetos dos rituais.

De qualquer maneira, o que sabemos indica que Göbeklitepe é realmente o “ponto zero no tempo”, o começo do que conhecemos hoje como civilização moderna. Atualmente o local está aberto aos visitantes, que podem descobrir sua história e visitar este lugar que tem muito a ensinar.

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos