REGIÃO 

Da Redação

A Justiça negou, nesta quinta-feira (12), o pedido de liberação parcial da Ponte dos Barreiros, feito pela Prefeitura de São Vicente (SP) junto ao Governo do Estado.

A interdição total da ponte foi requisitada após o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) apontar risco de um colapso. Durante nova visita técnica com o IPT, o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, ponderou que há possibilidade de liberação parcial da ponte, visto que um dos lados está em condições de operação.

De acordo com decisão protocolada no processo, a Prefeitura pediu o fim da interdição ‘com fundamento em reportagem jornalística realizada com o Secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo em que se pretende a interpretação das supostas falas dele que foram publicadas para se chegar à conclusão de que, para ele, não haveria risco na liberação parcial da Ponte’.

Contudo, segundo a decisão, nenhum novo laudo técnico foi enviado com o pedido de reabertura, tampouco informações oficiais do IPT. Com nenhuma modificação do panorama, foi indeferido o pedido de reconsideração da interdição da Ponte dos Barreiros, mantendo-a fechada.

Foto: Divulgação/PMSV

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos