PUBLICIDADE

2.0 - REGIÃO

Médicos se unem para atender virtualmente população de baixa renda

Iniciativas individuais tamb√©m v√™m surgindo durante a pandemia do coronav√≠rus para ajudar aqueles que t√™m d√ļvidas se t√™m ou n√£o a doen√ßa sem que precisem se deslocar at√© o hospital. O Miss√£o COVID (www.missaocovid.com.br) – projeto idealizado por m√©dicos e profissionais de tecnologia — √© uma dessas a√ß√Ķes e visa acolher especialmente a popula√ß√£o de baixa renda que n√£o possui muitas alternativas.

Para utilizar como paciente, basta acessar o site, fazer um breve cadastro e aguardar que um dos m√©dicos entre em contato por chamada de v√≠deo para fazer as devidas orienta√ß√Ķes √†queles que possuem sinais e sintomas que levem a suspeita do COVID-19. O tempo de espera at√© o atendimento √© de cerca de 10 minutos.

O objetivo da a√ß√£o √© atender a popula√ß√£o para evitar o deslocamento desnecess√°rio aos hospitais, o que acabaria por sobrecarregar o sistema de sa√ļde, principalmente o p√ļblico. Sendo assim, qualquer pessoa que esteja com d√ļvidas e at√© mesmo sintomas relacionados ao coronav√≠rus pode obter aux√≠lio de maneira simples, pr√°tica e sem sair de casa.

A velocidade de cont√°gio do coronav√≠rus no pa√≠s tem avan√ßado cada vez mais rapidamente. A marca dos 600 infectados foi superada em 19 de mar√ßo. Em 21 de mar√ßo j√° foram registrados 1.128 casos e, quatro dias depois, chegou a mais de mais 2.000 casos. Sem fins lucrativos e com m√©dicos volunt√°rios, o Miss√£o COVID tem o objetivo de prestar assist√™ncia a sa√ļde por meio da tecnologia e da humaniza√ß√£o neste momento sem precedentes na hist√≥ria.