PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Em SV, criança sofre ataque de ‘pitbull’ conduzido por ex-deputado estadual

 - REVISTA MAIS SANTOS

Bolsão da Praia do Itararé, em São Vicente.

 

Por Alexandre Piqui

Um cachorro da raça pitbull atacou uma criança de cinco anos, no local conhecido como Bolsão do Itararé, na orla de São Vicente. O caso aconteceu por volta das 19 horas de sábado (27). O animal era conduzido pelo ex-deputado estadual Luciano Batista (PL). Ele alega que não é o dono do pet, apenas dava uma volta com ele para fazer um favor a vizinha idosa de 79 anos, a verdadeira responsável pelo bicho.

O caso ganhou repercussão ao ter um vídeo compartilhado nas redes sociais. Na postagem publicada em páginas do Facebook, um rapaz relata que após o ataque do cão, o ex-parlamentar foi agredido com uma paulada pelo suposto pai da vítima.

Em entrevista ao portal Mais Santos, Luciano Batista, diz que esses relatos são mentirosos. “Não tem uma frase dele ali que é verdade. Ele fala que umas crianças andavam de skate. Não é verdade! Que o pai (da criança) me deu uma paulada na cabeça. Não é verdade!”

Ele complementa. “Disseram que eu peguei uma arma e apontei para esses meninos. Para pra pensar; se o cara me dá uma paulada na cabeça eu desmaio ou morro. Uma das duas coisas. Aí tem outro absurdo. Se eu levo uma paulada na cabeça, eu levanto e saio correndo apontando arma para os outros? Eu pretendo processá-lo, sem dúvida. Eu nunca vi esse cara na minha vida”, se defende Batista.

Segundo a versão dele, a criança andava em um triciclo pela parte de cimento do local. Já ele caminhava com o cachorro que não estava portando focinheira, somente uma coleira conhecida como ‘enforcador’. Em sua defesa, o político disse que a menor se aproximou de forma muito rápida. Com isso, o animal virou e mordeu a bochecha dela. “Quando o cachorro mordeu ela, imediatamente pulei em cima dele. A mãe dela também veio, ela foi muito corajosa”, conta Luciano.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Ex-parlamentar usou às redes sociais para explicar o caso.

 

Socorro

Perto do local, funciona uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). De acordo com a Prefeitura de São Vicente, a criança foi socorrida para o Hospital Municipal onde foram realizados os primeiros atendimentos e exame de tomografia. Em nota, a administração municipal informou que pelo fato da paciente ter convênio médico, foi transferida, por volta das 22 horas, para um hospital particular de Santos.

“Quando recebi a ligação que ela tinha feito a cirurgia e estava bem; eu caí em choro de alívio aqui em casa. Sou avô, meus netos têm dois e três anos. Foi um filme de terror que passei ontem à noite”, conta o político.

O ex-parlamentar que não irá concorrer a cargo para Prefeitura de São Vicente disse querer conversar pessoalmente com os familiares para dar todo o suporte necessário. Isso ainda não ocorreu, pois segundo ele, os responsáveis pela criança estão com as atenções voltadas à recuperação dela. Ela passou por cirurgia e está fora de risco.

A mãe da criança foi procurada pela reportagem. Pelo fato de ainda estar abalada e a base de remédios calmantes, preferiu não se manifestar neste primeiro momento.

Fotos: Reprodução