PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

For√ßa-tarefa da Prefeitura de Santos j√° realizou mais de 52 mil orienta√ß√Ķes e fiscaliza√ß√Ķes durante a pandemia

J√° passa de 52 mil o n√ļmero de fiscaliza√ß√Ķes em estabelecimentos comerciais e orienta√ß√Ķes a mun√≠cipes realizadas por equipes da Prefeitura de Santos, nos √ļltimos tr√™s meses, desde o decreto de calamidade p√ļblica editado em virtude da pandemia de covid-19.

O n√ļmero √© baseado em a√ß√Ķes de rotina das equipes do Departamento de Fiscaliza√ß√£o Empresarial e Atividades Vi√°rias (Defemp), da Secretaria de Finan√ßas, Guarda Civil Municipal e profissionais da Se√ß√£o de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Sevisa), da Secretaria de Sa√ļde.

Das 52.250 a√ß√Ķes, 21 mil foram vistorias de fiscais do Defemp em com√©rcios, que resultaram em 152 intima√ß√Ķes e 11 multas que totalizaram R$ 82 mil. Tamb√©m houve 682 vistorias por profissionais da Sevisa.

J√° a Guarda Civil Municipal fez 27.102 orienta√ß√Ķes a mun√≠cipes sobre as regras de utiliza√ß√£o da praia. Ainda foi respons√°vel por 2.111 orienta√ß√Ķes sobre a obrigatoriedade do uso de m√°scaras, 909 vistorias em estabelecimentos e 77 fiscaliza√ß√Ķes em feiras livres, onde foram orientadas 369 pessoas. Al√©m disso, a GCM realizou 13.034 abordagens em bloqueios de ve√≠culos (orientando turistas nos acessos √† Cidade, por exemplo, sobre o fechamento das praias).

A GCM emitiu 60 intima√ß√Ķes em estabelecimentos irregulares, sete multas a com√©rcios e 95 multas a mun√≠cipes que se recusaram a usar m√°scaras.

Para todos os com√©rcios onde foram constatadas as irregularidades, a reincid√™ncia gera multa ‚Äď R$ 10 mil para funcionamento proibido e R$ 3 mil para descumprimento das normas de preven√ß√£o √† covid-19. Para mun√≠cipes que se recusam a utilizar m√°scaras faciais, a multa √© de R$ 100.

Nesta terça, a força-tarefa organizada pela Prefeitura percorreu estabelecimentos localizados nas Avenidas Ana Costa e Floriano Peixoto e ruas Pereira Barreto e Othon Feliciano, no Gonzaga. Foram vistoriados 81 pontos, sendo um intimado a proceder de acordo com os decretos municipais.

Além disso, 22 foram fechados por exercerem atividades não autorizadas ou estarem em descumprimento das normas. Um ambulante foi retirado do local em que atuava.

Al√©m da fiscaliza√ß√£o de rotina, h√° apura√ß√£o das den√ļncias encaminhadas por mun√≠cipes pelo telefone 153.