1.7 // ESPORTEBRASIL & MUNDO 

A França se sagrou bicampeã da Copa do Mundo ao bater a Croácia por 4 a 2 na tarde deste domingo (15), no Estádio Olímpico Lujniki, em Moscou.

Após um início de jogo de pressão croata, os franceses abriram o placar com um gol contra de Mandzukic aos 17 minutos, após desviar cobrança de falta de Griezmann.

Dez minutos depois, os croatas se mostraram valentes e chegaram ao empate. Perisic recebeu na entrada da área, limpou Kanté e emendou um canhão de perna esquerda, no canto do goleiro Lloris.

Aos 38, após cobrança de escanteio na área croata, a bola bateu na mão de Perisic e o árbitro, após consultar o VAR, marcou pênalti. Griezmann bateu e voltou a colocar a França na frente.

Na volta do intervalo, os franceses contaram com um petardo de perna esquerda de Paul Pogba para ampliarem o marcador para 3 a 1 e desestabilizarem os croatas, que logo depois voltaram a sofrer mais um gol francês de fora da área. Desta vez, Mbappé chutou no canto e se tornou o segundo jogador com menos de 20 anos a marcar em uma final de Copa do Mundo, o primeiro foi Pelé, em 1958.

A Croácia, que conquistou a sua melhor campanha na história das Copas do Mundo, ainda conseguiria descontar com Mandzukic, após falha bizarra do goleiro Lloris, que deu a bola nos pés do atacante croata.

Após 20 anos, a França de Mbappé, Griezmann, Pogba e companhia conquista a sua segunda Copa do Mundo, a primeira fora de casa, e se junta a Uruguai e Argentina, que também têm dois títulos cada.

 

Foto: Reuters

saiba antes via instagram @revistamaissantos