CULTURASANTOS 

Um festival com diversão garantida para toda a família, com entrada gratuita e programação variada, reunindo artistas da região e convidados. Essa é a proposta do Circolando – Festival de Circo, que a Porto Circense vai promover em três espaços de Santos, de 20 a 22 deste mês. O projeto comemora dois anos de atividades, com muito riso, música e desafios.

O Circolando é um festival com o objetivo de promover as artes circenses, com apresentações, oficinas e vivências de circo, reafirmando a tradição de Santos nesse setor. O programa é resultado do 7º Fundo de Assistência à Cultura, com o qual a Porto Circense foi contemplada/ para tanto, houve chamada pública para grupos e artistas da área. O festival tem apoio da Secretaria de Cultura de Santos, Fundo Municipal de Cultura e Komboio Cultural.

Programa

O roteiro de atrações será aberto na próxima sexta-feira (20), às 17h, na Vila Criativa (R. Brigadeiro Newton Braga, 2, Saboó), com apresentações do Bando GoliardXs, que de forma lúdica aborda temas relacionados ao atual contexto social, apontando por meio da comicidade questões e críticas sociais, sempre sob o olhar da palhaçaria. O GoliardXs promete muita música, números de mágica, telepatia, malabarismo e pirofagia.

Depois será a vez do palhaço Piripaque (Caio Braga), há sete anos artista circense independente. Caio brinca com o imaginário do público usando um brinquedo incomum: o traca-traca. A partir da ludicidade, traz elementos da natureza, fazendo refletir sobre diferentes espécies.

Encerrando a noite, a performance Trecos, Truques & Trapalhadas terá show dos palhaços Chevette (Sidney Herzog) e Belina (Audrey Inácio), com números de malabares, acrobacias, equilíbrio, mágica, música e muita palhaçaria. A dupla contabiliza um público de mais de 4 mil pessoas em apresentações em praças públicas, além de 3.500 estudantes de escolas públicas de Santos.

Mais circo

No sábado (21), às 18h, na Fonte do Sapo (orla da Praia da Aparecida), vão se apresentar: os Irmãos Becker, de São Paulo (malabarismo tradicional e contemporâneo; música ao vivo enfatizando os momentos cômicos e muita interação com o público); Circo Nosotros, de Itanhaém; e o duo Mano a Mana, com Dyego Ymaguichi e Marília Mattos (técnica circense “mão a mão”).

No domingo (22), às 10h, no Horto Municipal de Santos (R. João Fracarolli, s/nº, Bom Retiro): espetáculo Fusquinha de Porta Aberta, com Paulo Galindo, de Sorocaba (números cômicos, virtuosos e picaretas, malabarismo, mágicas, acrobacias e, claro, palhaçadas); espetáculo O Dia D´elas, da Bella Cia. e Praiaças, com Juliana Bordalo e Ludmila Correia (inspirado em “Esperando Godot”, de Becket, com situações hilárias na vida de duas palhaças); e encerrando o festival Circolando, voltam a se apresentar os palhaços Chevette e Belina com a performance Trecos, Truques & Trapalhadas.

Porto Circense

A Porto Circense foi criada há dois anos, no Dia do Palhaço (10 de dezembro) e desde então promove e valoriza práticas ligadas às artes circenses, entre elas a palhaçaria, o malabares, musicalidade circense e acrobacias de solo e aéreas. Os cursos são permanentes, para todas as idades. Mais informações podem ser obtidas na Av. Almirante Cochrane, 404, no Embaré. Telefone: (13) 99713-3593.

Foto: Divulgação

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos