PUBLICIDADE

1.0 - SANTOS

Obras da UPA Zona Leste est√£o 75% executadas

Upa Zona Leste (Isabela Carrari/PMS)

L√≠deres comunit√°rios dos bairros do Estu√°rio, Macuco, Embar√©, Aparecida e Ponta da Praia visitaram nesta segunda-feira (12) a constru√ß√£o da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Leste (Pra√ßa Visconde de Ouro Preto s/n¬ļ). Cerca de 75% dos servi√ßos est√£o conclu√≠dos, com o pr√©dio principal entrando na fase de acabamento. At√© a nova unidade come√ßar a funcionar, o atendimento¬†aos pacientes est√° acontecendo, provisoriamente, √† Avenida Afonso Pena, 386.

O novo im√≥vel deve ser entregue no in√≠cio de 2020, compromisso que foi reafirmado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa ao concluir a visita t√©cnica ao lado dos moradores; do secret√°rio de Sa√ļde, F√°bio Ferraz, e dos profissionais da Secretaria de Infraestrutura e Edifica√ß√Ķes, respons√°veis pelo projeto e andamento da obra a cargo da¬†Construtora Lemam.

“Recebi v√°rios pedidos de informa√ß√£o sobre a UPA e aqui observamos a evolu√ß√£o dos trabalhos.¬†A unidade ser√° grande, ter√° quase o triplo da √°rea da antiga, passando de 800m¬≤ para mais de 3 mil m¬≤, al√©m de disponibiliza√ß√£o de mais servi√ßos em sa√ļde. O pessoal est√° trabalhando e hoje temos aqui mais de 30 pessoas atuando em v√°rias frentes no pr√©dio principal e nos dois anexos”, explicou o prefeito.

Adiantado

O prédio principal é o que está mais adiantado, com o revestimento externo concluído. A impermeabilização da laje cobertura, instalação das infraestruturas elétrica e hidráulica, e aplicação do revestimento interno estão em fase de finalização. Está previsto também o início da colocação de caixilhos para janelas e portas.

Segundo o arquiteto e chefe do Departamento de Obras P√ļblicas, da Secretaria de Infraestrutura e Edifica√ß√Ķes, Ronald Couto, oanexo 1, de apoio aos funcion√°rios, com t√©rreo e um pavimento superior, tamb√©m entrar√° na fase de acabamento nesta semana. “O pr√©dio est√° erguido e com a cobertura impermeabilizada. J√° o anexo 2, onde funcionar√° o pronto atendimento, est√° na finaliza√ß√£o da concretagem da cobertura para depois receber os trabalhos de alvenaria, de el√©trica e hidr√°ulica e, por √ļltimo, o acabamento”.

Impress√Ķes

Para o padre Lucas Alves da Silva, da par√≥quia Nossa Senhora Aparecida, a expectativa √© positiva, principalmente no que diz respeito ao atendimento humanizado. “Gostei do que vi e ouvi. A estrutura est√° √≥tima e eu aposto que ser√° um local com atendimento bastante acolhedor”.

Tamb√©m confiante est√° a presidente da Sociedade de Melhoramentos do Macuco, Rosana Salzedas, que j√° havia participado de outra visita √† obra. “Os servi√ßos adiantaram bastante. Essa UPA ser√° muito importante porque atender√° a v√°rios bairros. Senti firmeza nessa obra e a comunidade do bairro est√° muito confiante”.

A presidente da Associa√ß√£o das Casas Populares do Estu√°rio, Rosana Santos, se surpreendeu com o tamanho da nova UPA. “A estrutura √© como de um hospital, n√£o deixou nada a desejar. Eu adorei; √© tudo o que precisamos para o nosso bairro; e ser√° de grande avan√ßo mesmo”.

Diferenciais

Serão cinco consultórios (três para clínica geral, um de ortopedia e outro de pediatria). Além dos dois pavimentos acessíveis, contará com estacionamento no subsolo e dois elevadores, Samu e posto policial. E mais: 32 leitos, sala de espera com 54 lugares e brinquedoteca, área de espera para coleta, curativos, sutura, inalação, gesso, eletrocardiograma, ortopedia, laboratório e hidratação.

Na UPA tamb√©m haver√° espa√ßo para distribui√ß√£o de medicamentos, sala de raio-x e emerg√™ncia, desembarque de ambul√Ęncia, espa√ßos coletivos de observa√ß√£o masculina e feminina com capacidade¬†projetados para 26 leitos,¬†laborat√≥rio de an√°lises, farm√°cia, mais as salas de diretoria, reuni√£o, controle de ponto e PABX.

Esta UPA ser√° a terceira da Cidade, com tr√™s importantes itens:¬†re√ļso da √°gua, ilumina√ß√£o e ventila√ß√£o natural e previs√£o de climatiza√ß√£o.