REGIÃOSANTOS 

Após receber 20 mil doses do governo do Estado para a campanha da vacinação contra a gripe, profissionais da saúde tiveram bastante trabalho para atender o grande número de pessoas que procuraram, nesta quarta-feira (25), as 31 policlínicas, mas, principalmente, o drive thru do Gonzaga.

A reportagem do portal Mais Santos recebeu fotos que mostram as longas filas que se formaram, desde cedo, nas avenidas Ana Costa e Francisco Glicério, ocupando todo o estacionamento do Mendes Convention Center. O sol forte não fez com que o público desistisse. Já no drive thru localizado na Zona Noroeste, a fila de veículos era pequena, chegando a zerar em alguns momentos.

 Longa fila na Av Francisco Glicério

Importante lembrar que, de acordo com a Prefeitura, a quantidade de doses, no entanto, ainda é insuficiente para atender plenamente o público-alvo da primeira etapa da campanha: idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde. Pela meta do Estado, a Cidade precisa vacinar 90% das 104 mil pessoas que fazem parte deste grupo, ou seja, pouco mais de 93 mil pessoas. Desde o início da campanha, cerca de 15 mil foram vacinadas.

 

A fila de veículos era pequena no drive thru na Zona Noroeste

“O drive thru foi uma estratégia muito elogiada, principalmente pelos idosos, durante este período de pandemia do novo coronavírus. Para receber a vacina, não precisa nem descer do carro. Nas policlínicas, também adotamos condutas para que as vacinas sejam aplicadas de forma rápida, evitando aglomerações e permitindo um breve retorno dos idosos para as suas casas”, afirma Ana Paula Valeiras, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde.

Acesso ao drive thru do Gonzaga

OUTROS PÚBLICOS
A segunda etapa da imunização, que começa em 16 de abril, incluirá professores, agentes de forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e de outras condições clínicas – diabéticos e hipertensos, por exemplo.

Já a terceira etapa tem início em 9 de maio (sábado), abrangendo crianças de seis meses a seis anos, grávidas, mulheres que deram à luz há bem pouco tempo, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa, funcionários do sistema prisional e adultos entre 55 e 59 anos.
A vacina não é indicada para pessoas com doenças febris agudas, as quais deverão adiar a aplicação até a melhora do quadro. Também não devem tomar as pessoas com alergia a ovo, histórico de anafilaxia ou que tiveram Síndrome de Guillain-Barré no período de até 30 dias após receber a dose anterior, necessitando de avaliação médica para liberação da dose.

Produzida pelo Instituto Butantan, a vacina protege contra os vírus A (H1N1), A (H3N2) e B e leva cerca de dez dias para que o organismo produza os anticorpos para combater esses vírus. As doses são feitas de vírus inativos, fragmentados e purificados – ou seja, de forma alguma causam a doença.

O QUE LEVAR
Para a vacinação, é preciso apresentar documento de identificação com foto (RG ou CNH, por exemplo) ou identificação profissional (trabalhadores da saúde). Também é recomendado levar carteira de vacinação e Cartão SUS, se tiver.

ACAMADOS
As pessoas acamadas receberão a vacina contra a gripe em domicílio. Nas próximas semanas, a Secretaria de Saúde divulgará informações sobre como deve ser realizada a inscrição dos pacientes. Quem já é acompanhado pela Seção de Atendimento Domiciliar (Seadomi) não precisa se inscrever.

Endereços das Policlínicas, das 7h30 às 16h
Policlínica Alemoa e Chico de Paula – R. Afonsina Proost de Souza s/nº – Alemoa
Policlínica Aparecida – Av. Pedro Lessa, 1728
Policlínica Bom Retiro – Rua João Fraccaroli s/nº
Policlínica Campo Grande – Rua Carvalho de Mendonça, 607
Policlínica Conselheiro Nébias – Av. Conselheiro Nébias, 514 – Encruzilhada
Policlínica Embaré – Praça Coronel Fernando Prestes s/nº
Policlínica Gonzaga – Rua Assis Correia, 17
Policlínica Jabaquara – Av. Rangel Pestana, 475
Policlínica José Menino / Pompeia – Avenida Floriano Peixoto, 201
Policlínica Marapé – Rua São Judas Tadeu, 115
Centro de Saúde Martins Fontes -Rua Luiza Macuco, 40, Vila Mathias
Policlínica Morro Nova Cintra – Rua José Ozéas Barbosa s/n.º
Policlínica Ponta da Praia – Praça 1º de Maio s/nº
Unidade de Cuidado do Porto – Rua General Câmara, 507, Paquetá
Policlínica Rádio Clube – Avenida Hugo Maia s/nº
Policlínica Vila Nova – Praça Iguatemi Martins s/nº
Policlínica Morro São Bento – Rua das Pedras s/nº
Policlínica Vila São Jorge e Caneleira – Rua Francisco Ferreira Canto, 351
Policlínica São Manoel – Praça Nicolau Geraigire s/nº
Policlínica Piratininga – Praça João de Moraes Chaves s/nº
Policlínica Vila Mathias – Rua Xavier Pinheiro, 284
Policlínica Valongo – Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº – Saboó
Policlínica Caruara – Rua Andrade Soares s/nº – Área Continental
Policlínica Monte Cabrão – Av. Principal s/nº – Área Continental
Policlínica Monte Serrat – Praça Correia de Melo s/nº
Policlínica Morro da Penha – Rua Três, 150
Policlínica Morro José Menino – Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A
Policlínica Morro Vila Progresso – Rua Três, casas 1 e 2 – Vila Telma
Policlínica Morro Santa Maria – Rua 10 s/nº
Policlínica Areia Branca – Rua Francisco Lourenço Gomes, 118
Policlínica Castelo – Rua Francisco de Barros Melo, 184

Drive Thru – das 9h às 16h
Estacionamento do Mendes Convention Center (Av. Gal. Francisco Glicério, 206, Gonzaga)
Em frente à Policlínica do Rádio Clube (Av. Hugo Maia, 153)

Fotos/vídeos: André Souza

saiba antes via instagram @revistamaissantos