PUBLICIDADE

Edição Mensal

Mar revolto

A temporada de cruzeiros 2021-2022 era aguardada com expectativa pelos diversos setores envolvidos. Principalmente porque não foi realizada no ano anterior, em razão da pandemia da Covid-19. Embora a doença siga firme, em meio a altos e baixos, as viagens foram autorizadas no Brasil a partir de novembro de 2021, dentro de rígidos protocolos, e iriam até abril deste ano. A programação, no entanto, foi literalmente por água abaixo. O motivo é a Covid e seu novo recrudescimento, com a chegada da variante Ômicron.


PUBLICIDADE