PUBLICIDADE

Edição Semanal

Indústria de eventos, agoniza e pede socorro

“O setor de eventos foi o mais prejudicado em toda a cadeia produtiva do Brasil; 97% das atividades relacionadas ficaram sem produzir, apesar do setor ser responsável por 4,32% do PIB nacional”. O comentário – em tom de desabafo – é do empresário Fernando Silva, diretor da Atrium Eventos, que há 28 anos atua no planejamento, produção e realização de eventos, diante dos efeitos de quase um ano de pandemia da Covid-19. A situação praticamente paralisou a chamada “indústria de eventos” diante das rígidas regras impostas pelas autoridades.


PUBLICIDADE