PUBLICIDADE

Edição Semanal

O destino dos ex-jogadores Robinho e Daniel Alves: a cadeia

Um dos sonhos de alguns jovens brasileiros é, sem dúvida, tornar-se um jogador de futebol. Esta possibilidade de trabalho representa ganhos exorbitantes de dinheiro unida ao prazer de praticar o esporte predileto. Porém, essa é uma realidade para poucos. Jovens que possuem grande habilidade, dedicam-se nos treinos, nem sempre são vistos pelos olheiros do futebol. O que eles almejam é serem contratos por um time de grande expressão e com oportunidades reais de ganhos financeiros capazes de mudar a sua vida e de sua família.
Esta semana acompanhamos os casos de dois jogadores de futebol que chegaram ao ápice deste esporte. Ídolos para os jovens e os amantes do futebol, bem-sucedidos, proprietários de imóveis de luxo, andam de carros importados, família bem estruturada financeiramente por conta da sua realidade, referências no futebol por seus gols e dribles inesquecíveis e por terem vestido a camisa da seleção brasileira.

O que Robson de Souza, o Robinho e Daniel Alves tem em comum? Os dois se envolveram em situações abusivas, que se caracterizam como estupro, de acordo com o Código Penal brasileiro.


PUBLICIDADE