PUBLICIDADE

Edição Semanal

O futuro já chegou

2021 poderia ser considerado uma versão revista e atualizada ou até uma continuação de 2020. Parece até que o calendário cresceu de tamanho e o ano passou a ter 24 meses, o dobro do que a contagem do tempo sempre nos ensinou.

O motivo está apoiado essencialmente na pandemia da Covid-19. Verdade que a quantidade de vacinados aumentou e os casos diminuíram, mas os cuidados continuam e uma nova variante, a Ômicron, está aí para mostrar que esta história está longe de ter um fim.

Apesar dos solavancos de diferentes tipos, a economia do Brasil tenta se recuperar, mostrando fazer parte de um processo igualmente longo. Nisto se inclui a crença em dias melhores.

Para que o otimismo vire realidade, a esperança é necessária, ainda mais em um 2022 marcado por eleições presidenciais, normalmente um indicador do porvir no País.

Neste novo ano que começa, a Mais Santos conversou com pessoas importantes na Baixada Santista e nas suas áreas de atuação para saber justamente qual a expectativa deles para 2022. Confira nesta segunda e última parte o que projetam.


PUBLICIDADE