PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Cabeça d’água em cachoeiras da região provoca desaparecimentos

Da Redação

O fenômeno conhecido como cabeça d’água provocou o desaparecimento de cinco pessoas em três cachoeiras da Baixada Santista. Bombeiros têm feito buscas para localizar duas pessoas em Cubatão, outras duas em Bertioga e uma em Praia Grande.

Em Cubatão, a cabeça d’água foi registrada na cachoeira do Perequê. Além de um casal que desapareceu, nove ficaram ilhadas, mas acabaram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros.

Em Bertioga, a cabeça d’água foi registrada na cachoeira Véu de Noiva, que fica numa área próxima à rodovia Mogi-Bertioga. E em Praia Grande, um homem foi arrastado na cachoeira do Guariúma, no bairro Melvi.

Cabeça d’água é um fenômeno em que há um aumento repentino de água em rios, provocado pelas chuvas intensas na cabeceira ou em outra região mais elevada.

Foto: Divulgação