PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Com chegada de forte frente fria, Guarujá amplia acolhimento às pessoas em situação de rua

Da Redação

Meteorologistas alertam para a chegada de uma forte frente fria que avança sobre a região da Baixada Santista. Por isso, a Prefeitura de Guarujá começa a colocar em prática, nesta terça-feira (27), uma operação que consiste na intensificação das abordagens sociais a pessoas em situação de rua. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas) vai ampliar essa busca ativa com o intuito de oferecer acolhimento provisório.

Para realizar a operação, a Sedeas vai reforçar o atendimento com o acréscimo de uma equipe técnica especializada que vai atuar madrugada a dentro, das 22 horas às 3 horas da manhã.

As equipes percorrer√£o os principais pontos da Cidade, √°reas estrat√©gicas, al√©m de verificar os chamados telef√īnicos que chegam via 153. Durante a abordagem, aqueles que aceitarem ajuda ser√£o encaminhados √† Unidade de Acolhimento Jos√© Calherani, tamb√©m conhecido como Albergue Municipal (Rua Manoel Otero Rodrigues, 389 ‚Äď Jardim Boa Esperan√ßa, em Vicente de Carvalho).

Atualmente, a unidade tem capacidade para 40 pessoas, quantitativo que vai dobrar durante esta semana, para a operação especial. O horário noturno também foi ampliado, das 18 horas à meia-noite, e no período da manhã permanece das 8 às 18 horas. A Abordagem Social às pessoas em situação de rua tem a finalidade de assegurar atendimento especializado, com a promoção de direitos e fortalecimento de vínculos.

Atendimento personalizado

A unidade oferta alimenta√ß√£o, vestu√°rio, higieniza√ß√£o e atendimento social, realizando estudo de cada caso e procedendo com os encaminhamentos necess√°rios, sejam eles para √°rea da sa√ļde, documenta√ß√£o, entre outros.

Al√©m disso, com a inten√ß√£o de construir um processo de sa√≠da definitiva das ruas, √© disponibilizada a op√ß√£o do rec√Ęmbio, com o custeio de passagens rodovi√°rias para quem tem fam√≠lia fora do Munic√≠pio. A popula√ß√£o pode solicitar o Servi√ßo de Abordagem Social pelo telefone (13) 3384-2756.

Foto: Divulgação