PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Duas vítimas de “cabeça d’água” são encontradas; uma em PG e outra em Bertioga

Da Redação

Duas pessoas que estavam desaparecidas desde domingo (21), por conta do fenômeno conhecido como “cabeça d’água”, foram encontrados nesta quarta-feira. Um deles foi em Praia Grande e outro em Bertioga, cidade que ainda mantém buscas por uma pessoa, Luiz Uilon de Freitas Morgado.

Em Praia Grande, Marcos Henrique, de 23 anos  desapareceu no domingo (21), na cachoeira do Melvi. Seu corpo foi encontrado por volta das 17h30, cerca de 200 metros distante de onde foram achadas suas roupas, na parte arenosa do rio. Para esta quarta-feira a equipe recebeu o reforço do Canil do Corpo de Bombeiros, sendo uma cadela e três oficiais, vindos da Capital.

Já em Bertioga, o corpo de Neire Araújo Dutra foi localizado na margem esquerda do rio pela manhã, mas apenas à tarde conseguiram acessar o local. Ainda não houve o reconhecimento da família. Equipes dos bombeiros estavam descendo pela margem direita do rio para as buscas. Hoje o rio estava com nível mais baixo e melhor visualização.

Um grupo de voluntários entrou hoje cedo no local e avistou um corpo na margem esquerda e avisou aos bombeiros que conseguiram atravessar o rio e identificara vítima.

Na terça-feira (23), em Cubatão, foram encontrados os corpos do casal que havia sumido na cachoeira do Rio Perequê.

Foto: Reprodução