PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

√Ēnibus voltam a circular integralmente em Itanha√©m

Da Redação

Os motoristas e profissionais das empresas de transporte p√ļblico de Itanha√©m, que estavam em greve desde o √ļltimo dia 16, voltaram ao trabalho na manh√£ desta quarta-feira (25). Em audi√™ncia de concilia√ß√£o no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), na ter√ßa-feira (24), a Litoral Sul e a J.A. Transportes prometeram pagar atrasados ao empregados at√© sexta-feira (27).

A categoria havia paralisado as atividades pelo n√£o pagamento de sal√°rios, cesta-b√°sica, vale-refei√ß√£o, plano de sa√ļde e Fundo de Garantia por Tempo de Servi√ßo (FGTS). E decidiu voltar durante assembleia do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodovi√°rios de Santos e Regi√£o, no final da tarde de ter√ßa-feira.

Inicialmente, o pessoal estava disposto a esperar a quitação dos débitos, mas em greve parcial, com base em liminar da mesma Justiça do Trabalho da 5ª Região, de Campinas, expedida em 17 de novembro.

A medida determinava que o sindicato mantivesse m√£o de obra necess√°ria √† circula√ß√£o de 70% dos √īnibus nos hor√°rios de pico, o que foi imediatamente cumprido pelos trabalhadores. A desembargadora Tereza Aparecida Asta Gemignani considera hor√°rio de pico os per√≠odos compreendidos entre 6 e 9 e 16 e 19 horas. Nos demais hor√°rios, circulavam 50% da frota.

Negociar FGTS e plano de sa√ļde
Antes da assembleia, os diretores do grupo que administra Litoral Sul e a J.A. Transportes prometeram ao sindicato pagar os salários e benefícios atrasados até as 16 horas desta quarta-feira, o que levou os trabalhadores a suspenderem a greve.

Na audi√™ncia, o representante das empresas garantiu negociar os d√©bitos do Fundo de Garantia at√© 15 de janeiro. E, na pr√≥xima ter√ßa-feira (1¬ļ), negociar o parcelamento das pend√™ncias do plano de sa√ļde.

O grupo empresarial tem 45 veículos em 25 linhas, com 150 funcionários, sendo 110 motoristas, 32 na manutenção e oito no escritório. Essa foi a quinta greve desde 2019, sempre pelos mesmos motivos.

Foto: Divulgação