PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Bem-estar animal: SV anuncia diretrizes e Zoonoses contar√° com nova estrutura para atendimentos

Da Redação

A causa animal √© uma pauta que encontra cada vez mais espa√ßo na sociedade e vai muito al√©m de uma quest√£o social. Em S√£o Vicente,¬†at√© agosto deste ano, foram realizadas mais de 1.500 consultas, 2.046 castra√ß√Ķes, quase 350 resgates em vias p√ļblicas, 193 doa√ß√Ķes al√©m de diversos outros servi√ßos e orienta√ß√Ķes prestados pelo Departamento de Controle de Zoonoses (Dezoon).

Buscando melhorar estes n√ļmeros, a Prefeitura promete a mudan√ßa provis√≥ria da Zoonoses para o Centro de Conven√ß√Ķes por um per√≠odo estimado em 180 dias. O im√≥vel da rua Catal√£o, na Vila Voturu√°, ser√° demolido por estar com a estrutura bem comprometida.

‚ÄúUma simples reforma n√£o resolveria o problema e seria um desperd√≠cio de recursos p√ļblicos. A melhor alternativa e demolir e construir uma nova Zoonoses com uma planta adequada √†s demandas de suas atribui√ß√Ķes e que esteja alinhada aos princ√≠pios do Bem-Estar Animal‚ÄĚ, explicou a Secret√°ria da Sa√ļde, Michelle dos Santos.

Em live realizada pelas redes sociais da Prefeitura nesta quinta-feira, a Secret√°ria da Sa√ļde e a Secret√°ria do Meio Ambiente, Fl√°via Ramaccioti esclareceram uma s√©rie de quest√Ķes relacionadas ao tema e garantiram que os servi√ßos de vacina√ß√£o, castra√ß√£o e atendimento n√£o ser√£o interrompidos.

Confira a seguir as a√ß√Ķes relacionadas ao Bem-Estar animal no munic√≠pio:

Dezoon 

Passar√° a funcionar provisoriamente no antigo Centro de Conven√ß√Ķes, que est√° sendo adaptado e readequado para manter os atendimentos, castra√ß√Ķes e demais servi√ßos j√° oferecidos.
Enquanto isso, o local onde o departamento funciona atualmente será desativado, para a construção de um novo espaço.

O Departamento tem como principais atribui√ß√Ķes a vacina√ß√£o, castra√ß√£o de animais dom√©sticos e o tratamento de doen√ßas que podem afetar a sa√ļde humana. O Dezoon n√£o √© abrigo para animais abandonados, nem oferece atendimentos veterin√°rios de alta complexidade.

Unidade B√°sica de Sa√ļde Animal (Ubasa)

Vinculada à Secretaria do Meio Ambiente, tem a atribuição de prestar atendimento de baixa complexidade para cães e gatos de tutores de baixa renda. O equipamento não tem estrutura para a realização de cirurgias de grande porte, serviços especializados de medicina veterinária, atendimento ou recolhimento de animais de grande porte ou recebimento de cadáveres de animais, entretanto, segue com o atendimento de baixa complexidade e ação complementar às campanhas de castração e vacinação.

Samu Animal 

O servi√ßo foi descontinuado pois n√£o contava com condi√ß√Ķes m√≠nimas para funcionar. Al√©m da aus√™ncia de m√©dicos veterin√°rios para acompanhar as remo√ß√Ķes e prestar os atendimentos emergenciais, os funcion√°rios n√£o foram capacitados para exercerem o resgate de animais acidentados. Os animais resgatados fora do hor√°rio de atendimento da Dezoon n√£o tinham o socorro imediato pois o corpo veterin√°rio trabalha no hor√°rio das 8h √†s 17 horas.

A ambul√Ęncia utilizada pelo servi√ßo era um ve√≠culo destinado a socorro de urg√™ncia de humanos, j√° fazia parte da frota da Secretaria de Sa√ļde, e n√£o foi adquirida com verba espec√≠fica para este fim.

Castramóvel

O equipamento nunca foi regularizado no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). Em função da pandemia, teve sua atividade diminuída. A atual administração está regularizando a situação para colocá-lo novamente nas ruas.

Capacitação

Profissionais estão passando por capacitação para lidarem com esse tipo de situação extrema, além da aplicação de multas quando houver a constatação de maus tratos.

Castração

Ampliação das campanhas de castração, sobretudo de fêmeas e em quantidade que produzam reais efeitos na redução de ninhadas.

Projeto ‚ÄúEssa escola √© O BICHO‚ÄĚ

O principal objetivo √© fazer uma analogia das emo√ß√Ķes humanas com as emo√ß√Ķes dos animais. O projeto ser√° implementado nas escolas, ap√≥s o retorno das aulas presenciais, e tamb√©m oferecer√° dicas sobre como detectar maus tratos. As crian√ßas e a escola receber√£o tamb√©m um diplome de Vigilantes da Vida Animal.

Código de Postura para o Bem-Estar Animal 

Documento com diretrizes para as pol√≠ticas de Bem-Estar Animal no munic√≠pio. Vale ressaltar que S√£o Vicente nunca disp√īs de equipamento p√ļblico apto a receber animais v√≠timas de maus tratos ou abandono. O que sempre ocorreu foi a√ß√£o de pessoas volunt√°rias que se sensibilizam com a causa e acabam dando destino aos animais nessas condi√ß√Ķes, explicou a Secret√°ria Fl√°via Ramaccioti.

Foto: Divulgação/PMSV