PUBLICIDADE

Região / Meio Ambiente

Lixo internacional é encontrado em praias de Peruíbe e São Vicente

Mal começou 2020 e mais lixos de vários lugares do mundo voltaram a chamar atenção em praias de Peruíbe e São Vicente. Irã, Índia, Malásia, Camarões, Vietnã e, principalmente, da China são os principais destinos das embalagens encontradas por um grupo de turistas.

De acordo com a ONG Ecomov, existe um acervo de 15 a 17 materiais encontrados de 24 de Novembro até o último dia 3 de Janeiro.

“Achamos garrafa de água e caneta da China, desinfetante norte americano, um saco de metabisulfito de sódio, utilizado na pesca do camarão. Esses objetos foram encaminhados à Unisanta, onde será feito laudo. Estamos procurando outras universidades também para termos outros laudos e encaminhar ao Ministério Público”, explicou Rodrigo Azambuja, presidente da ONG.

Confira abaixo os itens achados:

 

Embalagem de água, produzido na cidade de Paddhari, na Índia

Embalagem de óleo de girassol enriquecido com vitaminas A & D, de acordo com o rótulo. Produzido em Teerã, no Irã

Embalagem que contém uma espuma à base de poliuretano que pode ser usado para reparos em geral. De acordo com pesquisas, a fábrica deste produto está localizada em Phú Mỹ, cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã, apesar de que na embalagem está escrito “Singapore product”

Esta é a “famosa” Nongfu Spring”, garrafinha de água que já apareceu por aqui. É produzida em Hangzhou, na China

Garrafa de água produzida por “Osmose reversa”, na cidade de Johor, na Malásia

Acreditava-se que era uma garrafa francesa, mas é de Yaoundé, em Camarões

Sachê de tempero japonês encontrado na praia da Biquinha, em São Vicente

(Fotos: Márcio Ribeiro/monitor ambiental e colaborador ONG)