PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Tartaruga ameaçada de extinção é encontrada no Guarujá com sanguessugas

Da Redação

O Instituto Gremar foi acionado para resgatar uma tartaruga-oliva em uma praia de Guaruj√°. A esp√©cie √© considerada amea√ßada de extin√ß√£o e foi vista encalhada e com sanguessugas pelo corpo. Al√©m disso, o animal estava em condi√ß√Ķes j√° debilitado.

De acordo com a entidade o caso ocorreu na quinta-feira (12), na Praia do Monduba. Colaboradores do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) encontraram a tartarufa e acionaram o Gremar para resgatar a espécie. Uma equipe foi enviada ao local, onde constatou se tratar de uma tartaruga-oliva adulta, que, segundo o Instituto Tamar, projeto que atua na preservação das tartarugas-marinhas, se encontra em perigo de extinção.

O √≥rg√£o afirma que o animal foi encaminhado ao Centro de Reabilita√ß√£o e Despetroliza√ß√£o de Animais Marinhos para receber atendimento veterin√°rio. No exame cl√≠nico, a equipe observou que a tartaruga de 29 kg estava desidratada e caqu√©tica (com enfraquecimento das fun√ß√Ķes vitais).

Também observaram que o casco e o plastrão (região da barriga) estavam perdendo elementos minerais importantes Рsintoma associado ao quadro de subnutrição Рe estava com diversas sanguessugas pelo corpo.

Tratamentos adotados

Os veterin√°rios come√ßaram o tratamento da tartaruga com hidrata√ß√£o venosa e medica√ß√Ķes, banho em √°gua com temperatura controlada, al√©m da remo√ß√£o dos ectoparasitas. Tamb√©m foi realizada coleta de sangue e exames de raios X. No momento, o animal est√° sendo monitorado pela equipe de reabilita√ß√£o do Instituto.

Segundo o Instituto Gremar, as tartarugas-olivas s√£o animais oce√Ęnicos, que dificilmente s√£o avistadas na costa. Este √© o terceiro resgate de encalhe com vida desta esp√©cie registrado no Instituto, sendo que o √ļltimo havia ocorrido em 2016, em S√£o Vicente.

Foto: Divulgação Instituto Gremar