PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Tartaruga-de-couro é encontrada nesta quinta-feira em Itanhaém

Da Redação

O Instituto Biopesca encontrou nesta quinta-feira (10), por volta das 7 horas, uma tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea) já sem vida durante a execução do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

A carcaça encalhou na praia do bairro Satélite, em Itanhaém, foi recolhida com o apoio da Prefeitura Municipal e encaminhada para a sede do Instituto Biopesca, em Praia Grande. A equipe da instituição fará a necropsia do animal para investigar a causa da morte.

‚ÄúN√£o se trata do mesmo indiv√≠duo que fez tr√™s desovas em Itanha√©m entre fevereiro e mar√ßo deste ano”, adianta o m√©dico veterin√°rio Rodrigo Valle, coordenador geral do Instituto Biopesca.

O reconhecimento é possível porque a fêmea que fez as desovas foi anilhada na ocasião da primeira postura, em 19 de fevereiro. O animal encontrado hoje já sem vida não apresentava a anilha.

 - REVISTA MAIS SANTOS

O Instituto Biopesca e uma das institui√ß√Ķes executoras do PMP-BS, uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produ√ß√£o e escoamento de petr√≥leo e g√°s natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Instituto Biopesca monitora o Trecho 8, compreendido entre Peruíbe e Praia Grande.

Para acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 (horário comercial) ou (13) 99601-2570 (WhatsApp e chamada a cobrar).
Para mais informa√ß√Ķes, acesse www.comunicabaciadesantos.com.br.

Crédito da foto: Divulgação Instituto Biopesca