PUBLICIDADE

Regi√£o / Sa√ļde

Banco de Sangue do Hospital Santo Amaro de Guaruj√° est√° com baixo estoque

 - REVISTA MAIS SANTOS

Da Redação

Em tempos de pandemia do novo coronav√≠rus, fica cada vez mais dif√≠cil manter os estoques dos bancos de sangue, pois os hemocentros sofrem retra√ß√£o na quantidade de bolsas coletadas, causada pelo receio de cont√°gio¬†¬†com a Covid-19. O Hospital Santo Amaro (HSA),em Guaruj√°, segue com a Campanha de Doa√ß√£o de Sangue, cujas doa√ß√Ķes ca√≠ram mais de 60%.

Os interessados em colaborar com a causa devem entrar em contato com o HSA pelo telefone (13) 3389-1515 para outras informa√ß√Ķes sobre condi√ß√Ķes e restri√ß√Ķes; ou ir direto √† unidade, localizada na Rua Quinto Bertoldi, 40 ‚Äď Vila Maia, de segunda a sexta-feira, das 7 √†s 11 horas.

Ao todo, s√£o distribu√≠das 30 senhas por dia, seguindo as determina√ß√Ķes do Minist√©rio da Sa√ļde, referente √† conting√™ncia da Covid-19. Os hor√°rios passaram a ser escalonados, sendo 10 por hora. Para doar, basta estar em boas condi√ß√Ķes de sa√ļde, ter entre 18 e 67 anos, pesar no m√≠nimo 50 kg, ter dormido ao menos 6 horas nas √ļltimas 24 horas, estar alimentado e apresentar documento de identifica√ß√£o original com foto recente.

O Minist√©rio da Sa√ļde orienta a popula√ß√£o que continue doando, visto que outras doen√ßas graves continuam ocorrendo, como anemias cr√īnicas, acidentes que causam hemorragias, complica√ß√Ķes decorrentes da dengue, febre amarela, tratamento de c√Ęncer, etc.

A doa√ß√£o de sangue √© segura, n√£o h√° riscos para quem doa. Os bancos de sangue est√£o disponibilizando condi√ß√Ķes de lavagem de m√£os, uso de antiss√©pticos, reduzindo o n√ļmero de cadeiras nas salas de espera, distanciando as macas de coleta e o uso de m√°scaras √© obrigat√≥rio. A higieniza√ß√£o das √°reas, instrumentos e superf√≠cies tamb√©m est√£o sendo intensificadas.

“A doa√ß√£o √© um ato de amor ao pr√≥ximo, altru√≠stico e fundamental. Precisa ser entendido que o sangue √© um produto que n√£o pode ser adquirido a n√£o ser pela doa√ß√£o. Os hospitais dependem disso para salvarem vidas. Ningu√©m est√° livre de necessitar de transfus√£o, seja por sofrer um acidente, passar por uma cirurgia ou outro procedimento m√©dico. Por isso, √© indispens√°vel √† conscientiza√ß√£o e ajuda de todos.”, ressalta o m√©dico hematologista, respons√°vel pelo banco de sangue do HSA, Ronald Pallotta.

Fotos: Reprodução