PUBLICIDADE

Região / Saúde

Cidades da Baixada Santista divulgam números da vacinação dos mais idosos

Da Revista Mais Santos

A Campanha de Vacinação contra a Covid-19 teve início no dia 20 de janeiro na Baixada Santista. Seguindo o protocolo adotado pelo Governo do Estado, o primeiro grupo prioritário a ser imunizado foI o dos idosos acima de 100 anos. Até o momento, 24 centenários de Praia Grande receberam a vacina, sendo que o número total de idosos por lá gira em torno de 60 mil pessoas. Deste montante, 1.100 têm acima de 90 anos e, até o momento, a média de vacinas aplicadas está em torno de 970 pessoas.

Em Cubatão, 10 idosos que ultrapassaram a faixa etária dos 100 anos foram vacinados e 178 doses aplicadas em pessoas a partir de 90 anos. A informação foi contabilizada até a última quinta-feira (25). Bertioga registra uma pessoa com mais de 100 anos protegida da doença. A expectativa é imunizar 171 idosos acima de 90 anos, mas ainda restam 60 pessoas para receber a vacina.

As demais cidades divulgam, de acordo com protocolo adotado, dados de vacinados a partir de 90 anos, sem especificar quantos idosos acima dos 100 anos já receberam a vacina.

Em Santos, a última faixa etária dos vacinados no município é classificada como “acima de 90 anos”, sendo que até o momento pouco mais de 4 mil pessoas foram atendidas.

São Vicente, por meio da Secretaria da Saúde, informa que até o momento, foram imunizados 1.084 idosos com mais de 90 anos, tendo como estimava atender 56.453 idosos com mais de 60. (Veja matéria sobre as centenárias na cidade clicando aqui)

Já Guarujá comemora ter ultrapassado o percentual de 100% do público estimado de idosos com 90 anos ou mais, para vacinação contra a Covid-19. Eram esperadas 880 pessoas deste grupo, mas a cidade atendeu 1.077, o que representa uma cobertura vacinal de 122%.

De acordo com a prefeitura local, o fenômeno pode ter ocorrido especialmente porque a população foi estimada em cima da última campanha de vacinação contra a Influenza, tendo representado um crescimento do número de idosos, que depois buscaram ser imunizados contra a Covid-19 atingindo adesão bem maior do que em relação à Influenza. Nesse grupo está dona Inácia, de 110 anos. (Veja matéria em destaque.)

Em Itanhaém, a média, até a última quinta-feira (25), foi de 809 aplicações, sendo que ainda faltam 39 idosos para receber a segunda dose. Em Mongaguá, de acordo com os cálculos da Vigilância Epidemiológica de Mongaguá, o Município possui 11.530 idosos, tendo sido aplicada a vacina em 210 pessoas com idade acima dos 90 anos. A Prefeitura de Peruíbe não informou o número de idosos vacinados até o momento na cidade.

Você pode conferir a reportagem na completa na edição desta semana da revista Mais Santos. Clique aqui.

Foto da capa: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande