PUBLICIDADE

Região / Saúde

Comprovante de vacinação passa a ser obrigatório nos serviços de saúde de SV

Da Redação

A partir de segunda-feira (16), todos os usuários dos serviços de saúde de São Vicente devem apresentar a carteira de vacinação contra a Covid-19 nos locais onde recebem atendimento. Os acompanhantes de pacientes internados nos serviços de saúde deverão fazer o mesmo. A determinação foi ratificada por meio de duas ordens de serviço (OS) emitidas nesta sexta-feira (13), pela Secretaria da Saúde (Sesau)

A OS 004/2021 estabelece que o servidor público deve solicitar ao usuário do serviço a apresentação do documento de vacinação contra a Covid-19 para permitir o acesso aos locais que prestam serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A outra medida, determinada pela OS 005/2021, obriga a apresentação do cartão de imunização contra a Covid-19 de acompanhantes de pacientes internados nos serviços de saúde.
Nos dois casos, o comprovante de vacinação será solicitado às pessoas que, de acordo com a faixa etária, estejam com a vacinação completa, seguindo o Plano Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde.

Vale ressaltar que a obrigatoriedade cabe ao servidor em solicitar a caderneta de vacinação. No entanto, o socorro não será negado a quem não apresentar o documento atestando que tomou as doses da vacina.

As medidas visam minimizar a disseminação do vírus entre os pacientes, acompanhantes e trabalhadores, enquanto perdurar a Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), declarada em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus SARS-COV-2.

Nos documentos, fica estabelecido que a determinação não elimina a obrigatoriedade do uso de máscara cobrindo nariz e boca, nos locais que prestam serviço de saúde aos usuários.

“A intenção dessas deliberações é identificar as pessoas que não tomaram a segunda dose da vacina, além de conter a disseminação do vírus nas unidades de saúde. A Secretaria da Saúde trabalhou exaustivamente, com planejamento e dedicação, para fazer uma campanha de vacinação ágil e organizada, para que a população de São Vicente fosse imunizada o mais rápido possível”, declara Michelle Santos, secretária de Saúde.

Foto: Divulgação/PMSV