PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Locadora de patinetes suspende temporariamente atividades em Santos

Os 150 mil usuários cadastrados na unidade local podem requerer devolução de saldos de depósitos. 

 

Foto: Divulgação

Da redação

A empresa Jet, que funciona como locadora de patinetes el√©tricos em Santos, afirmou que est√° suspendendo temporariamente as atividades na cidade, ap√≥s uma reuni√£o com a Prefeitura. Os 150 mil usu√°rios cadastrados na unidade local podem requerer devolu√ß√£o de saldos de dep√≥sitos – exceto valores de b√īnus – com a equipe de suporte da empresa.

Conforme a empresa, a¬†interrup√ß√£o das atividades √© em raz√£o da recente decis√£o da Prefeitura em negar alvar√°s para empresas que aluguem patinetes na cidade, sob o argumento de que o Munic√≠pio nunca regulamentou o servi√ßo. A JET busca, em di√°logo com o Poder P√ļblico, uma solu√ß√£o para continuidade do servi√ßo – √† medida que seu alvar√° seguia v√°lido at√© dezembro de 2024.

Segundo a locadora, a empresa mant√©m os impostos em dia, e j√° arcou em fevereiro com mais de R$ 30 mil em multas √† Companhia de Engenharia de Tr√°fego de Santos (CET-Santos), em raz√£o de constantes opera√ß√Ķes municipais de apreens√£o de ve√≠culos, por clientes descumprirem leis de tr√Ęnsito.

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que os referidos pedidos de alvará foram indeferidos. A Secretaria de Finanças e Gestão (Sefin) declarou que a situação de contribuintes e empresas indistintamente está protegida pelo sigilo fiscal.