PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Mar agitado e maré alta serão registrados em Santos até a madrugada de terça-feira (2)

A cidade de Santos segue em estado de alerta. De acordo com o Plano Municipal de Contingência para Ressacas e Inundações, ainda há previsão de altura significativa de ondas acima de 3m na região da Baía de Santos e o registro de ressacas, conforme a Defesa Civil de Santos e o boletim do Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas da Universidade Santa Cecília (NPH-Unisanta).

Se as previsões oceanográficas se confirmarem, há possibilidade de alagamentos nos períodos de maré elevada e impactos pontuais nas estruturas urbanas costeiras de Santos devido a maré elevada, intensidade e direção das ondas.

Os pontos mais afetados pela ressaca são a Ponta da Praia e a região do canal 4, informa o coordenador da Defesa Civil de Santos, Daniel Onias. “A recomendação é evitar esportes náuticos, banho de mar ou se aproximar muito para tirar foto desses locais onde tem arrebentação, porque a pessoa pode ser surpreendida, sofrer uma queda e vir a ter consequências sérias e até afogamento”.

Na manhã deste domingo (30), a Praticagem de São Paulo registrou ondas acima de 3m na baía de Santos com pico de 3,36 m às 8h na Ilha das Palmas. Novos picos devem ocorrer por volta das 23h deste domingo na Baía de Santos (3,5m) e às 4h da manhã de segunda-feira (3,4m), conforme boletim divulgado pelo NPH-Unisanta.