PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Pel√© chega aos 80 anos em paz e √© s√≥ gratid√£o: “Deus foi muito bom comigo”

Por Anderson Firmino

 - REVISTA MAIS SANTOSEm quase quatro minutos, cinco cita√ß√Ķes a Deus. F√© e gratid√£o. Chegando aos 80 anos, Pel√© est√° conectado com os C√©us. Olha sua trajet√≥ria com distanciamento, faz algum mea culpa e, sobretudo, reconhece o seu tamanho. O maior jogador de todos os tempos, o Rei do Futebol, o Atleta do S√©culo 20, est√° em paz.

Na semana em que completa oito d√©cadas de vida, sua assessoria distribuiu um v√≠deo para diversos ve√≠culos de imprensa ‚Äď entre eles o Canal S√≥ Esportes e o Portal Mais Santos. Respondendo a tr√™s perguntas feitas por um interlocutor, Pel√© abre (um pouco) o seu cora√ß√£o. Agradece o passar do tempo, mas, sobretudo, a lucidez, em que pese as condi√ß√Ķes f√≠sicas j√° n√£o serem as mesmas ‚Äď h√° anos sofre com problemas de locomo√ß√£o, fruto de cirurgias no quadril.

‚ÄúPelos 80 anos, em primeiro lugar, eu tenho que agradecer a Deus. Pela sa√ļde de chegar at√© aqui com essa idade, e l√ļcido. N√£o muito inteligente, mas l√ļcido (risos)‚ÄĚ, diz Pel√©.

O cidad√£o do mundo agradece o livre acesso em todos os continentes. De presidentes a reis, rainhas, artistas, papas. Pel√© tem as chaves de todas as portas do planeta. ‚ÄúEm todo lugar do mundo que eu chego, as portas est√£o abertas. Espero que, quando eu for para o C√©u, Deus me receba da mesma maneira. Porque todo mundo me recebe hoje, por causa do nosso querido futebol‚ÄĚ.

M√°goa e entendimento

 - REVISTA MAIS SANTOSPelé é unanimidade por tudo o que fez nos gramados. Fora deles, nem sempre foi assim. Pois o Rei aproveitou para criticar jornalistas que, ao longo da sua carreira, teriam mentido (ou inventado verdades) sobre ele.

‚ÄúAlgumas vezes, durante todos esses anos da minha carreira, muitas vezes fiquei meio chateado, meio triste, e at√© com raiva de alguns jornalistas, que inventavam as coisas‚ÄĚ, afirma.

Aos inimigos dos gramados, o perd√£o real. Ele diz entender os gestos de muitos jogadores, bem distantes de sua realeza, que usavam dos mais diferentes recursos para parar sua genialidade.

“Eu tinha certeza que não era de coração, queriam me descontrolar, me tirar do controle, para eu brigar, revidar e ser expulso. Até isso eu aprendi. Tudo isso eu fui passando e, é claro, a intenção dos jogadores e das pessoas que torciam para outros times. Eles queriam muito me tirar o controle. Mas eu tive sempre a ajuda de Deus, e eu entendia que aquilo era provocação. Acho que errei muito pouco. Deus foi muito bom comigo.

Mea culpa

Pelé sabe que suas palavras e seus gestos têm peso extra, por tudo o que representa. Por isso, na terceira resposta do vídeo (confira o link no final da matéria), há espaço para um pedido de perdão aos eventuais descontentes com seu reinado. Mas o que ele espera, mesmo, é pela misericórdia divina.

‚ÄúTudo o que a gente ganha na vida, √© porque Deus acha que voc√™ merece. Se eu fiz alguma coisa que deixou algu√©m triste ‚Äď algumas vit√≥rias que o Santos teve, que a Sele√ß√£o teve, a sele√ß√£o do Ex√©rcito teve, todos os campeonatos que eu ganhei ‚Äď, claro que o outro lado fica triste. Mas isso √© coisa da vida. Me desculpem. Mas, em nome de Deus, eu agrade√ßo, de cora√ß√£o, tudo o que eu ganhei na carreira‚ÄĚ.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Capa

 - REVISTA MAIS SANTOSO dia será de várias reverências aos 80 anos de Pelé. O sorteio das oitavas de final da Libertadores, nesta manhã, terá uma live diretamente da Vila Belmiro, justa referência a quem ganhou duas vezes a competição com a camisa do Santos. Há até uma réplica do troféu a ser entregue para o Atleta do Século 20.

Vale lembrar que o Rei Pel√© √© capa da √ļltima edi√ß√£o da Revista Mais Santos online. Nela, um lado menos cultuado √© lembrado, com suas incurs√Ķes na m√ļsica, na dramaturgia, no cinema e na publicidade. Confira no link¬†

Veja o vídeo feito por Pelé

Fotos:

Divulgação/Fifa; Jorge Bispo/CBF; Centro de Memória e Estatística do Santos FC