PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Prefeitura de Santos espera concluir contenção no Morro São Bento em junho

Da Redação

A Prefeitura de Santos informou que espera concluir em junho a proteção da encosta do São Bento, entre as ruas São Manoel e São Bernardo. Com mais da metade dos serviços prontos (59%), essa é uma das 12 obras emergenciais em andamento para reverter os estragos causados por chuvas nos morros santistas.

Os serviços começaram em janeiro e consistem na execução da técnica de solo grampeado. O trabalho envolve escavação, perfuração, instalação dos grampos (barras de aço), colocação de drenos e projeção de concreto, tudo para a estabilização da encosta.

“Atualmente estão sendo finalizados os serviços de grampeamento do solo e execução de concreto projetado”, explica o engenheiro Carlos Barros, da Secretaria de Infraestrutura e Edificações. “O concreto é lançado através de mangueiras especiais com uso de ar comprimido sobre a base, promovendo a sua compactação e resultando em um concreto de alta resistência”.

Para execução do solo grampeado, a Prefeitura está empregando R$ 2,5 milhões de recursos próprios. Os serviços estão a cargo da TMK Engenharia, empresa contratada de forma emergencial para execução da obra.

o Morro São Bento já recebeu outras seis obras emergenciais desde as chuvas de março do ano passado. Foram elas no trecho de encosta entre a Rua Santa Valéria e Santa Marta, Rua São Roque e Av. São Cristóvão, 1.378. E, ainda, Av. Santo Antônio do Valongo em três pontos: próximo à escadaria São Domingos, nas imediações do acesso à Rua São João e em frente ao número 352.

Todos os locais foram considerados de alta prioridade pela Defesa Civil. As intervenções contaram com recursos de R$ 14,8 milhões, do Governo do Estado, liberados após a Prefeitura apresentar os projetos técnicos e com contrapartida do município no valor de R$ 1,8 milhão.

Fotos: Divulga̤̣o/Anderson Bianchi РPrefeitura de Santos