PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Reflex√£o sobre racismo estrutural marca homenagem a Zumbi em Santos

Da Redação

 - REVISTA MAIS SANTOSO racismo estrutural sofrido pelo negro e a luta pelo cumprimento dos direitos humanos foram reflex√Ķes levadas √† tradicional homenagem ao her√≥i afro-brasileiro Zumbi dos Palmares, nesta sexta-feira (20), na Pra√ßa Palmares, no bairro Macuco, em Santos. A cerim√īnia, que recordou os 325 anos da morte do √≠cone da resist√™ncia pela liberdade e igualdade racial, marcou o Dia da Consci√™ncia Negra na cidade.

A celebra√ß√£o reuniu autoridades municipais, representantes de religi√Ķes de matrizes africanas e de outras entidades, respeitando as medidas de preven√ß√£o √† covid-19. Teve Hino Nacional pela voz da cantora Simone Anselmo ao som de berimbau e pandeiro, tocados pelas m√£os de capoeiristas do mestre C√≠cero, reverenciando a cultura afrodescendente brasileira. Tamb√©m foram entoados os hinos da Cidade e da Negritude.

A deposi√ß√£o de flores junto ao busto de Zumbi do Palmares contou com o som de atabaques, apresenta√ß√£o de capoeira dos mestres Cicero e Sombra, e cerim√īnia religiosa Xir√™, pelo babalorix√° Marcelo de Loguned√©. ‚ÄúEste √© um momento de reflex√£o, principalmente pelo contexto em que vivemos no Estado brasileiro. Todos n√≥s precisamos avan√ßar para uma sociedade com mais igualdade‚ÄĚ, afirmou o vice-prefeito Sandoval Soares.

Diná Elizabeth Evangelista Santos, presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra e de Promoção da Igualdade Racial, lembrou do homem negro espancado e morto na noite de quinta (19) em um supermercado de Porto Alegre (RS).
‚ÄúPrecisamos acabar com isso no seio de nossa sociedade. O direito √† vida √© um direito de todos. Em pleno s√©culo 21, isso n√£o pode acontecer. Esse que tombou √© mais um entre os centenas que tombam. Hoje √© um dia de pensar nos avan√ßos e nos retrocessos que tivemos‚ÄĚ.

O secret√°rio de Desenvolvimento Social, Carlos Mota, ressaltou que ‚Äúa gente tenha a coragem de Zumbi para construir uma Cidade e um pa√≠s cada vez melhor‚ÄĚ. J√° a coordenadora de Igualdade Racial e √Čtnica (Copire), Carla M√©rcia Barbosa, disse que ‚Äúestamos aqui hoje para honrar nossa ancestralidade, homenageando o grande homem brasileiro que come√ßou uma grande resist√™ncia a ponto de ser lembrado‚ÄĚ.

Programação
O evento foi promovido pela Prefeitura, por meio da Copire, e Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Santos. Confira a programação completa aqui (https://www.santos.sp.gov.br/?q=hotsite/mes-da-consciencia-negra).

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Santos