PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Vicentina integra time de coleguinhas do Caldeir√£o do Huck

foto-divulgacao-carla-morone-02

Foto: Divulgação

Da Redação

A vicentina que n√£o dispensa amores por Santos, Cidade onde cresceu, integra o time das coleguinhas do programa Caldeir√£o do Huck, da Rede Globo, desde 2013. Carla Morone passou de simples telespectadora a parte de um dos programas que mais gostava. Ap√≥s seis meses de uma entrevista com o pr√≥prio apresentador, Luciano Huck, o trabalho estava oficialmente garantido. Entre hist√≥rias emocionantes e apresenta√ß√Ķes de artistas, a modelo mostra o seu trabalho na televis√£o h√° tr√™s anos.

Neste per√≠odo, o reconhecimento chegou e se expandiu para a internet. Somente no Instagram Carla conta com mais de 85 mil seguidores, com quem compartilha sua rotina. E √© nesse meio de m√≠dias sociais que ela pretende tamb√©m trabalhar. Prova disso √© o seu recente canal no Youtube que, como ela mesma diz, √© ‚Äúlugar para treinar e brincar‚ÄĚ com o sonho que tem de ser apresentadora de programa de esporte e viagens.

O reconhecimento, por sua vez, vem tamb√©m pela admira√ß√£o de seus f√£s. Carla confessa que n√£o consegue ter a dimens√£o de outras pessoas tendo-a como inspira√ß√£o, mas conta que muitas chegam a ela para pedir dicas. ‚ÄúAcabei conhecendo meninas nas redes sociais daqui que me falaram que t√™m o sonho de ir para o Rio de Janeiro, fazer curso de teatro, me pedem dicas, eles me perguntam bastante e eu me sinto muito feliz‚ÄĚ.

Al√©m de trabalho, Carla tem claro o que mais gosta de fazer: viajar. ‚ÄúTenho vontade de conhecer o mundo inteiro, sou daquelas de onde aparecer eu vou‚ÄĚ. Mas, apesar disso, a vontade de voltar a Baixada Santista n√£o foi perdida. √Č por essas bandas que est√£o sua fam√≠lia, amigos e animais de estima√ß√£o, que a matam de saudade sempre que tem que voltar ao Rio para trabalhar.

Ap√≥s rodar o mundo, o desejo √© construir sua fam√≠lia e envelhecer na Baixada. E o porqu√™ √© simples: ‚ÄúEu amo isso aqui‚ÄĚ. Mas as ideias v√£o al√©m de s√≥ admirar as cidades, o empreendedorismo est√° presente, mesmo que em planos ainda futuros. O sonho √© abrir um bar, restaurante e, qui√ß√°, tamb√©m lan√ßar uma marca de roupas.