Porto 

Números reforçam o compromisso do complexo com a segurança

 

Quatro das empresas do Grupo Prumo atingiram relevantes resultados de segurança neste último mês de outubro. A Porto do Açu Operações, a Ferroport, a Açu Petróleo e a Gás Natural Açu comemoraram as horas trabalhadas sem acidentes com afastamento, reforçando o compromisso do complexo com um de seus principais valores: a segurança.

O ambiente de trabalho seguro é premissa inegociável de todas as atividades realizadas no complexo. Exemplo disso foi o resultado atingido nas obras da Gás Natural Açu, que constrói no Porto o maior parque termelétrico a gás natural da América Latina, e alcançou a marca de oito milhões de horas sem acidentes com afastamento.

A Ferroport – primeira empresa a operar no Porto do Açu – também celebrou o marco de 5 milhões de horas trabalhadas sem acidentes. Responsável pelo Terminal de Minério de Ferro, a Ferroport já movimentou 60 milhões de toneladas de carga desde 2014, com total segurança e zelo pela integridade de seus trabalhadores.

A Açu Petróleo somou 450 mil horas trabalhadas sem acidentes em seu Terminal de transbordo de óleo, desde 2016. Neste período de mais de 3 anos, a empresa movimentou mais de 100 milhões de barris de petróleo, com o comprometimento de todos os envolvidos nas operações com a segurança máxima em suas atividades.

Já o Terminal Multicargas do Porto do Açu completou 3,6 milhões de horas trabalhadas sem acidentes com afastamento, contabilizados desde sua inauguração, em 2016. Em pouco mais de três anos, o terminal movimentou quase dois milhões de toneladas, sem um único acidente.

O diretor de Sustentabilidade do Grupo Prumo, Eduardo Kantz, ressaltou a importância da atuação integrada entre as empresas para o desenvolvimento de uma cultura de segurança: “Temos o compromisso inegociável com a integridade física dos nossos colaboradores e das instalações de todo o complexo. Os resultados alcançados nas diferentes empresas do Grupo reforçam o nosso compromisso pela busca de padrões operacionais em linha com as melhores referências do mercado”, afirmou.

 

 

 

 

Fonte: Informativo dos portos

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @revistamaissantos