PUBLICIDADE

1.0 - SANTOS

Santos tem redu√ß√£o nas fatalidades de tr√Ęnsito

Da redação

Santos foi uma das oito cidades do Estado que apresentou redu√ß√£o nas fatalidades causadas por acidentes de tr√Ęnsito em setembro. As informa√ß√Ķes fornecidas pelo¬†Infosiga¬†SP, um sistema de dados do Governo de S√£o Paulo, mostra que a cidade registrou queda de 34% em acidentes em compara√ß√£o ao m√™s anterior.¬†

Em todo o Estado de São Paulo a redução foi de 4,1%. No período, houve 469 fatalidades e 11,7 mil acidentes com vítimas, contra 489 óbitos em setembro do ano passado. De janeiro a setembro, foram 4.024 óbitos contra 4.094 no mesmo período de 2018, redução de 1,7%. 

A redu√ß√£o de fatalidades envolvendo ciclistas √© um dos destaques. Em setembro, foram registradas 18 ocorr√™ncias contra 32 no ano passado, queda de 43,7%. Tamb√©m houve redu√ß√£o no n√ļmero de v√≠timas motociclistas, com 164 casos no m√™s passado contra 179 em 2018 (-8,4%).¬†

Para as fatalidades envolvendo pedestres, o índice foi praticamente estável (133 casos contra 135 no ano passado), mas com redução de 6% no acumulado do ano (1.066 casos em 2019 contra 1.134 no período anterior). Entre os ocupantes de automóveis, o aumento foi de 10,9% em setembro (132 vítimas fatais contra 119 no ano passado). 

De acordo com¬†a coordenadora do programa Respeito √† Vida, Silvia Lisboa, essa redu√ß√£o pode ter sido efeito das atividades de conscientiza√ß√£o. ”¬†Setembro¬†foi um m√™s de muitas atividades por conta da Semana Nacional do Tr√Ęnsito. O objetivo agora √© investir ainda mais em educa√ß√£o e tamb√©m nas parcerias com as Prefeituras, promovendo interven√ß√Ķes em pontos cr√≠ticos identificados pelo¬†Infosiga¬†SP”, explica.¬†

Confira os n√ļmeros das 16 regi√Ķes do Estado:
  • Itapeva: -55%
  • S√£o Jos√© dos Campos: +3%
  • Registro: -55%
  • Franca: +11%
  • Barretos: -50%
  • Sorocaba: +14%
  • Ara√ßatuba: -45%
  • Central: +29%
  • Santos: -34%
  • Mar√≠lia: +31%
  • Bauru: -29%
  • Presidente Prudente: +33%
  • Campinas: -13%
  • S√£o Jos√© do Rio Preto: +48%
  • Metropolitana de S√£o Paulo: -6%
  • Ribeir√£o Preto: +58%