PUBLICIDADE

Internacional

Críticos da Olimpíada apresentam petição solicitando cancelamento

Da Agência Brasil

Cr√≠ticos dos planos do Jap√£o para realizar a Olimp√≠ada de T√≥quio apesar de uma quarta onda de infec√ß√Ķes de coronav√≠rus apresentaram nesta sexta-feira (14) uma peti√ß√£o assinada por 350 mil pessoas ao longo de nove dias em que solicitam o cancelamento do evento.

Kenji Utsunomiya, que organizou a campanha “Impe√ßam a Olimp√≠ada de T√≥quio”, disse que o festival esportivo global ‚Äď j√° adiado em 2020 devido √† pandemia de coronav√≠rus ‚Äď deveria acontecer somente quando o pa√≠s puder receber visitantes e atletas de bra√ßos abertos.

“N√£o estamos nesta situa√ß√£o, e portanto os Jogos deveriam ser cancelados”, disse ele em uma coletiva de imprensa. “Recursos m√©dicos preciosos precisariam ser desviados para a Olimp√≠ada se ela for realizada.”

A petição foi entregue aos chefes dos comitês Olímpico e Paralímpico, assim como à governadora de Tóquio, Yuriko Koike.

O pedido veio no dia em que o Jap√£o acrescentou tr√™s munic√≠pios a um estado de emerg√™ncia que j√° cobre T√≥quio, Osaka e outros quatro munic√≠pios em meio a uma disparada no n√ļmero de casos exatamente 10 semanas antes da abertura dos Jogos, agendada para 23 de julho.

Indagada sobre a campanha contra os Jogos, Koike disse que trabalhar√° para uma Olimp√≠ada “segura e protegida”.

Entre as novas áreas sob estado de emergência está o município de Hokkaido, onde a maratona olímpica ocorrerá, que relatou uma alta recorde de 712 casos novos de coronavírus na quinta-feira. O Japão tem cerca de 656 mil casos confirmados e 11.161 mortes.

Foto: Divulgação/Tokyo2020