PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Liberado pela Justiça, Válter Suman reassume prefeitura de Guarujá

Da Redação

O prefeito de Guaruj√°, V√°lter Suman, j√° reassumiu as atribui√ß√Ķes do cargo a que foi reeleito em 2020. Ele deixou a Penitenci√°ria I de S√£o Vicente neste s√°bado ‚Äď precisamente √†s 17h12 ‚Äď ap√≥s tr√™s dias. O secret√°rio de Educa√ß√£o do munic√≠pio, Marcelo Nicolau, tamb√©m saiu da pris√£o.

‚ÄúJ√° fui reconduzido ao cargo e liberado, gar√ßas a Deus‚ÄĚ, disse Suman aos jornalistas, no momento que sa√≠da da PI de S√£o Vicente. Existe a expectativa de que se pronuncie neste domingo. O desembargador federal Mauricio Kato proferiu decis√£o concedendo liberdade provis√≥ria mediante fixa√ß√£o de medidas cautelares alternativas.

Operação

Segundo a Polícia Federal, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão nos municípios de Guarujá, São Bernardo do Campo, São Paulo e Nova Iguaçu/RJ. Participaram da deflagração 125 policiais federais e 6 auditores da CGU.

Dentre as medidas determinadas pela Justi√ßa Federal, est√£o o bloqueio de R$ 7.058.766,17 de bens e valores de envolvidos. Durante as buscas, foram apreendidos quase R$ 2 milh√Ķes em quatro endere√ßos relacionados aos investigados.

A Prefeitura de Guaruj√° se pronunciou sobre o caso, por meio de nota, na noite de sexta (17). De acordo com a Administra√ß√£o ‚Äúest√° tomando conhecimento das informa√ß√Ķes coletadas pela Pol√≠cia Federal e Tribunal de Contas da Uni√£o e esclarece que os procedimentos administrativos relativos √† aplica√ß√£o dos repasses Covid, e tamb√©m ao custeio do hospital de campanha, tiveram seus tr√Ęmites pautados na legalidade e na transpar√™ncia, conforme manda a legisla√ß√£o, e est√° colaborando com as apura√ß√Ķes‚ÄĚ.

Al√©m disso, sobre os contratos de gest√£o firmados com a Organiza√ß√£o Social (OS) Pr√≥ Vida, a Prefeitura explica que ‚Äúprocedeu com sua desqualifica√ß√£o e, em seguida, a Advocacia Geral do Munic√≠pio ingressou com a√ß√£o civil p√ļblica com pedido liminar de indisponibilidade de bens, quebra dos sigilos fiscal e banc√°rio de seus respons√°veis, h√° mais de 30 dias, al√©m de pedir ressarcimento aos cofres p√ļblicos por parte da OS e a devida responsabiliza√ß√£o civil. Al√©m disso, representa√ß√Ķes criminais foram protocoladas na Pol√≠cia Civil. A Administra√ß√£o Municipal segue tomando conhecimento de todos os fatos e colabora com as investiga√ß√Ķes‚ÄĚ.

Foto: Helder Lima/PMG/Arquivo