PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Ver√£o no Clima conscientiza moradores e turistas durante Carnaval

Voltada para conscientizar os banhistas sobre a necessidade de descartar de forma correta os resíduos produzidos por moradores e turistas, a Operação Verão no Clima trabalhará com força total durante o Carnaval. Até a Quarta-feira de Cinzas, 14 de fevereiro, a tenda, do programa realizado por meio de parcerias entre Governo do Estado e demais pastas municipais, ficará montada próximo às arenas das praias Tupi e Real.

Durante os dias de folia, os monitores que atuam nas duas tendas abordar√£o¬†os banhistas ao acessarem a faixa de areia e tamb√©m visitam os guarda-s√≥is¬†para orientar os veranistas. Quest√Ķes como o descarte incorreto do chamado¬†micro-lixo, como bitucas de cigarro e lacres de latinha, a proibi√ß√£o de¬†cachorros na faixa de areia e a import√Ęncia de levar uma sacolinha de casa¬†para jogar o lixo produzido na praia ser√£o pontuadas pelas equipes da¬†Opera√ß√£o.

Em Praia Grande, o Ver√£o no Clima veio agregar as a√ß√Ķes j√° desenvolvidas¬†pela Prefeitura de Praia Grande por meio do programa Praia Limpa da P√©. De¬†acordo com o secret√°rio de Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, ‚Äúo¬†programa realizado em parceria assim como a a√ß√£o de fiscais na faixa de¬†areia que orientam os ambulantes e carrinheiros, ao final do expediente, a¬†limpar ao redor de onde trabalham e descartar os res√≠duos nos
contentores‚ÄĚ, afirmou.

Como parte das a√ß√Ķes da Opera√ß√£o em Praia Grande, no dia 20 de janeiro, as¬†equipes das duas tendas, com aux√≠lio de entidades relacionadas ao meio¬†ambiente, fizeram um ‚Äėarrast√£o‚Äô de limpeza na faixa de areia. No trecho¬†que compreende as praia Boqueir√£o e Forte, o grupo recolheu 263 quilos do¬†chamado micro-lixo, entre eles, tampinhas de garrafa, bitucas de cigarro,¬†canudinhos e pequenas embalagens.

Conscientiza√ß√£o – Coordenada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente,¬†Ver√£o no Clima ocorre em 16 cidades da Baixada Santista, Vale do Ribeiro e¬†Litoral Norte. A iniciativa busca mobilizar a popula√ß√£o com √™nfase para a¬†responsabilidade de cada cidad√£o pela gera√ß√£o e descarte de lixo nas √°reas¬†de lazer e nas areias das praias. Para isso, a√ß√Ķes presenciais √† beira-mar¬†e por meio das redes sociais ser√£o realizadas.

A iniciativa foi inspirada no conceito do projeto Operação Praia Limpa iniciado em 1987, pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e desenvolvido durante nove anos pela Secretaria de Meio Ambiente.
Posteriormente, a ação foi absorvida pelas prefeituras em atividades locais para conscientizar os turistas e frequentadores das praias da necessidade de mantê-las limpas, evitando, assim, a propagação de doenças
e a degradação do meio ambiente.

Segundo Evangelista, uma diferen√ßa do projeto anterior para o Ver√£o no¬†Clima est√° na forma de abordagem. Antes, ao conversar com os¬†frequentadores das praias eram entregues sacolinhas e panfletos em forma¬†de leque. ‚ÄúAgora conscientizamos aos turistas e mun√≠cipes a trazer uma¬†sacolinha ou recipiente para coletar os res√≠duos gerados por eles para¬†que, ao sa√≠rem da praia, descartem nos contentores‚ÄĚ.

Participa√ß√£o ‚Äď Al√©m das secretarias estadual e municipal de Meio Ambiente,¬†est√£o envolvidos nas a√ß√Ķes da Opera√ß√£o Ver√£o no Clima as seguintes pastas:¬†Governo (Segov), Urbanismo (Seurb), Servi√ßos Urbanos (Sesurb), Esporte e¬†Lazer (Seel) e Cultura e Turismo (Sectur).