PUBLICIDADE

Região / Polícia

Modelo de 14 anos é localizada, diz que fugiu e acusa pais de maus-tratos

Da Redação

A modelo Emily Dias, de 14 anos, dada como desaparecida desde a madrugada do √ļltimo s√°bado, em Itanha√©m, foi encontrada por uma equipe da Delegacia de Investiga√ß√Ķes Gerais (DIG). Ela estava na casa de uma amiga, na mesma cidade, e declarou aos investigadores que fugiu porque sofria de maus-tratos pelos pais.

A polícia encontrou Emily na noite de sábado, mas não a encaminhou para casa. Ela está em um abrigo indicado pelo Conselho Tutelar e permanecerá lá até que tudo seja esclarecido.

O caso havia sido registrado como sequestro e cárcere privado. Segundo o boletim de ocorrência, os pais, que moram no bairro Jardim Califórnia, disseram que ouviram latidos do cachorro da família por volta das 4 horas de sábado. Correram, então, para o quarto das filhas e notaram que Emily não estava lá. Depois, viram que uma porta que dava acesso à cozinha estava aberta e a maçaneta no chão.

A mãe, Dayane Dias, declarou também que havia visto uma picape próximo à casa seguindo em direção à avenida da praia e que ouviu a filha gritando por socorro.

O caso repercutiu nas redes sociais. Muitas pessoas compartilharam o pedido de socorro da mãe. Uma garota que dizia ser amiga de Emily, no entanto, relatou que a notícia de sequestro era falsa. Foi por meio dela que a Polícia encontrou a modelo.

À equipe policial, Emily disse que não houve sequestro, ao contrário da versão apresentada pelos pais, e que fugiu de casa por conta própria.

Foto: Arquivo pessoal