PUBLICIDADE

Região / Polícia

Polícia Civil prende mulher suspeita de ter mandado matar o companheiro por tribunal do crime

Al√©m dela, quatro envolvidos no crime tamb√©m foram presos. Um 5¬į suspeito est√° foragido e com a pris√£o cautelar decretada.

 

 

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Da redação

Uma mulher, de 43 anos, foi presa por ser suspeita de ser a mandante da morte do companheiro dela, Diego dos Santos Luciano, de 31. A prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (15), em Praia Grande.

De acordo com a Pol√≠cia Civil, a v√≠tima foi capturada no dia 15 de novembro de 2022 e levada por criminosos at√© a Vila Esperan√ßa, em Cubat√£o, onde foi submetida a um tipo de ‚Äútribunal do crime‚ÄĚ. Diego foi executado e enterrado em uma √°rea de mangue. O corpo dele n√£o foi localizado.

Desde o ocorrido, os investigadores realizaram a√ß√Ķes e identificaram cinco homens, que participaram do homic√≠dio. Segundo a corpora√ß√£o, quatro deles, de 28, 31,32 e 33 anos, foram presos. O 5¬į indiv√≠duo, de 31, est√° foragido e com a pris√£o cautelar decretada.

Durante as investiga√ß√Ķes, os agentes descobriram que a companheira da v√≠tima era a suposta respons√°vel por ordenar a morte do homem.

Com isso, policiais civis da Delegacia de Investiga√ß√Ķes Gerais (DIG) de Itanha√©m foram at√© um im√≥vel situado no bairro Jardim Melvi, em Praia Grande, onde a suspeita estava. A mulher foi ouvida e conduzida ao sistema penitenci√°rio.