PUBLICIDADE

Região / Polícia

Pol√≠cia desmonta “central de crimes” e prende em flagrante grupo que falsificava cart√Ķes banc√°rios

Da Redação

Policiais da 1¬™ Delegacia de Investiga√ß√Ķes Gerais da DEIC Santos (DEINTER 6), prenderem nesta quarta-feira (21), em flagrante, quatro homens (23, 24, 26 e 25 anos), respons√°veis por integrar associa√ß√£o criminosa destinada a falsificar documentos particulares, no Japu√≠, em S√£o Vicente.

A equipe realizava dilig√™ncias, para coibir crimes de estelionato e outras fraudes banc√°rias, quando conseguiu identificar uma poss√≠vel central de cria√ß√£o e uso de cart√Ķes falsificados para desvios de dinheiro de contas banc√°rias. Uma associa√ß√£o criminosa atuava no local e seria respons√°vel por fabricar cart√Ķes banc√°rios falsos e outros documentos, com a finalidade de praticar crimes de estelionatos e lavagem de dinheiro.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Os investigadores, então, foram até o imóvel, localizado no mezanino de um edifício, e após baterem na porta, verificaram que um indivíduo tentava fugir pela janela. Os policiais conseguiram alcançá-lo, e após insistirem para que alguém atendesse, os demais indivíduos acabaram abrindo a porta.

Neste momento, viram diversos computadores e m√°quinas de imprimir cart√Ķes banc√°rios, junto a diversos cart√Ķes em branco e outros objetos e apetrechos destinados a fabrica√ß√£o desses documentos. Questionados pela equipe, os suspeitos acabaram assumindo a pr√°tica de falsifica√ß√£o de cart√Ķes para utiliza√ß√£o em desvios de dinheiro de contas banc√°rias.

No local, foram localizados tr√™s autom√≥veis que foram apreendidos. Foram tamb√©m encontrados diversos notebooks, cart√Ķes banc√°rios com nomes diversos e em branco, m√°quinas de cart√£o, m√°quinas de confeccionar cart√Ķes, leitores de cart√£o de cr√©dito, in√ļmeros chips de celular de variadas operadoras, aparelhos de telefone e ainda uma espingarda de press√£o e uma por√ß√£o de maconha (3 gramas).

A equipe deu voz de pris√£o em flagrante aos indiv√≠duos, pela pr√°tica de crime de falsifica√ß√£o de documento particular e por integrarem organiza√ß√£o criminosa. Um dos homens (26 anos), respondeu pelo porte das subst√Ęncias entorpecentes. Os suspeitos ser√£o investigados tamb√©m pela eventual pr√°tica de crimes de estelionato e lavagem de dinheiro.

Fotos: Divulgação/Polícia Civil