PUBLICIDADE

Região / Polícia

Região reduz estupros e roubos em geral em março, diz SSP

Da Redação

A região de Santos terminou o mês de março com redução nos roubos em geral, de veículos e de cargas e zerou, pela terceira vez consecutiva, os indicadores de latrocínios e roubos a bancos. Desde 2017 não foram contabilizadas extorsões mediante sequestro no período.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Os roubos em geral recuaram 7,4% no terceiro mês do ano, em comparação com março de 2020. O número passou de 1.013 para 938 – uma diferença de 75 ocorrências e o menor resultado da série histórica, iniciada em 2001. Além disso, foi a primeira vez que o indicador ficou abaixo dos mil casos.

 - REVISTA MAIS SANTOS

A tendência se estendeu para os roubos de veículos, que caíram 18,2% no período. A quantidade passou de 99 para 81 – uma diferença de 18 registros e o menor número da série.

Em contrapartida, os furtos em geral e de veículos cresceram 27,4% e 7,9%, respectivamente, no mês passado, se comparado ao terceiro mês do ano anterior. O primeiro indicador passou de 1.787 para 2.277. O segundo, por sua vez, subiu de 190 para 205.

Nos roubos de cargas a redução foi de 24,2%, somando 25 ocorrências em março deste ano. No ano passado, em igual período, 33 boletins desta natureza foram contabilizados.

Outros indicadores

Outro crime que recuou no terceiro mês do ano em comparação com março de 2020 foi o estupro. Neste caso, a queda foi de 16,9%, passando de 59 para 49 – 10 ocorrência a menos.

Em contrapartida, o período foi marcado por uma alta de oito casos e oito vítimas de homicídios dolosos. No terceiro mês do ano passado foram registradas 10 ocorrências com 10 vítimas.

Com isso, as taxas dos últimos 12 meses (de abril de 2020 a março de 2021) ficaram em 6,82 casos e 7,15 vítimas de mortes intencionais para cada grupo de 100 mil habitantes.

Indicadores zerados

Pela terceira vez consecutiva na série histórica, em um mês de março, os indicadores de casos e vítimas de latrocínios, assim como o de roubos a bancos, permaneceram zerados.

Semelhante ocorreu com o indicador de extorsões mediante sequestro, que desde 2017 não tem apresentado ocorrências.

Produtividade

O trabalho das polícias paulistas no mês passado, na região de Santos, resultou em 678 prisões e na apreensão de 81 armas de fogo ilegais. Também foram registrados 145 flagrantes por tráfico de entorpecentes.

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública