PUBLICIDADE

Região / Polícia

Suspeito de agiotagem é preso em flagrante em Cubatão

Da Redação

Policiais da Delegacia Sede de Cubatão prenderam em flagrante na noite de quarta-feira (13) um homem de 52 anos, apontado pela investigação como suspeito de praticar crimes contra a economia popular. Ele emprestava dinheiro a pessoas com estipulação de juros abusivos e valendo-se de uma pistola semi-automática para ameaçar os devedores.

Cientes desses fatos, os investigadores passaram a monitorar de forma velada a rotina desse suspeito e descobriram que ele também vendia medicamentos abortivos. Na noite do dia 13, os policiais civis visualizaram o suspeito saindo da residência para fazer uma entrega desses abortivos e decidiram abordá-lo.

No porta luvas do veículo foram encontrados cartelas de medicamentos abortivos e uma maquininha de cartão de crédito. Dando continuidade a essas diligências de investigação, os policiais civis retornaram até a casa do suspeito e procederam a revista no imóvel, situado na Avenida Cruzeiro do Sul, em Cubatão.

Foram apreendidos uma pistola semi-autom√°tica, carregador de arma de fogo, 15 muni√ß√Ķes (calibre 380) 1 muni√ß√£o de uso restrito (calibre 45), 59 atestados m√©dicos falsificados, rel√≥gios de luxo, computadores, m√°quinas de cart√£o de cr√©dito, simulacro de arma de fogo, HD, DVR, celulares e R$ 800,00. Al√©m disso, os investigadores apreenderam grande quantidade de joias em ouro e prata (brincos, correntes, pulseiras, pingentes, alian√ßas, an√©is cravejados com brilhantes, prendedor de gravata).

A investigação demonstrou que essas joias foram dadas como forma de garantia dos devedores com o suspeito preso. Lavrados os procedimentos referentes à prisão em flagrante pelos crimes hediondos de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e restrito e falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, foi convertida a prisão em flagrante em prisão preventiva na noite de quinta-feira (14) pelo Poder Judiciário.

Foto: Divulgação Polícia Civil