PUBLICIDADE

Regi√£o / Sa√ļde

Vacinação em grávidas com AstraZeneca é suspensa na Baixada; ordem é da Anvisa

Da Redação

Atualizado às 11h44

A Anvisa recomendou nesta segunda-feira (10) a suspensão imediata do uso da vacina Covid da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes. A orientação está em Nota Técnica emitida pela Agência.

A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). A orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no País.

O uso ‚Äúoff label‚ÄĚ de vacinas, ou seja, em situa√ß√Ķes n√£o previstas na bula, s√≥ deve ser feito mediante avalia√ß√£o individual por um profissional de sa√ļde que considere os riscos e benef√≠cios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca n√£o recomenda o uso da vacina sem orienta√ß√£o m√©dica.

Na Baixada Santista

Durante a manhã desta terça-feira (11), o Estado de São Paulo anunciou a suspensão temporária da vacinação de gestantes com comorbidades, grupo que começaria a ser vacinado hoje no estado de São Paulo.

Antes disso, as cidades da Baixada Santista come√ßaram a se mexer para acatar a decis√£o da Anvisa. Santos decidiu, no in√≠cio da manh√£ desta ter√ßa-feira (11), suspender a vacina√ß√£o contra a covid-19 das gestantes com comorbidades com a vacina Oxford/AstraZeneca, √ļnico imunizante recebido na √ļltima sexta-feira (7) para vacina√ß√£o dos grupos contemplados nesta semana pelo cronograma do Estado.

O Munic√≠pio informa que n√£o possui doses de CoronaVac para atender √†s gestantes e aguarda o envio de novas remessas pelo Estado. Para os demais p√ļblicos contemplados na vacina√ß√£o, a aplica√ß√£o da vacina de Oxford/AstraZeneca segue normalmente em 23 policl√≠nicas e em sete postos externos.

A Secretaria de Sa√ļde de Cubat√£o tamb√©m anunciou a suspens√£o da aplica√ß√£o das vacinas nesse p√ļblico. A Prefeitura de Guaruj√° tamb√©m informou que est√° suspensa a vacina√ß√£o em gr√°vidas e pu√©rperas (mulheres em per√≠odo p√≥s-parto em at√© 45 dias). A suspens√£o tamb√©m foi anunciada pela Prefeitura de Peru√≠be.

A Prefeitura de Praia Grande tamb√©m anunciou a suspens√£o at√© que novas orienta√ß√Ķes ser√£o comunicadas ap√≥s pareceres t√©cnicos do Programa Nacional de Imuniza√ß√£o (PNI) do Minist√©rio da Sa√ļde e da Anvisa. Os demais grupos permanecem sendo vacinados normalmente.

A Prefeitura de Itanhaém também já suspendeu a aplicação de vacinas da Astrazeneca em grávidas com comorbidades.

A Prefeitura de S√£o Vicente, por meio da Secretaria de Sa√ļde (Sesau), informa que o Plano Estadual de Imuniza√ß√£o (PEI) contra a Covid-19 decidiu suspender, temporariamente, a vacina√ß√£o de gestantes com comorbidades, prevista para come√ßar nesta ter√ßa-feira (11), em todo o Estado, em virtude do comunicado da Anvisa emitido na noite desta segunda-feira (10). Novas orienta√ß√Ķes ser√£o comunicadas ap√≥s pareceres t√©cnicos do Programa Nacional de Imuniza√ß√£o (PNI), do Minist√©rio da Sa√ļde e da Anvisa.

A Secretaria de Sa√ļde de Bertioga informa que est√° suspensa a vacina√ß√£o em gestantes com comorbidades no Munic√≠pio. A pasta acrescenta que a cidade recebeu imunizantes da Oxford para este grupo e havia um planejamento, seguindo o calend√°rio do Governo do Estado, para iniciar a vacina√ß√£o nesta ter√ßa-feira (11). Com a suspens√£o, todas as gestantes est√£o sendo informadas sobre o cancelamento. Nenhuma mun√≠cipe pertencente ao grupo recebeu a dose da vacina.

A cidade de Mongagu√° foi a √ļnica a n√£o responder at√© agora o questionamento a respeito do assunto. Quando fizer, o munic√≠pio ser√° inclu√≠do neste espa√ßo.

Crédito da foto: Divulgação