PUBLICIDADE

Regi√£o / Sa√ļde

Praia Grande: vacinação contra Covid-19, gripe e sarampo ocorre no Ginásio Falcão neste sábado

Da Redação

O polo de vacinação Ginásio Falcão (Avenida Presidente Kennedy, 8169, Bairro Mirim) estará aberto neste sábado (14), das 9 às 15 horas, para vacinar pessoas contra a Covid-19, gripe e sarampo.

A partir deste fim de semana, a vacinação neste polo ocorrerá somente aos sábados, graças ao avanço da vacinação, que superou 777 mil vacinas aplicadas, atingindo 97% da população vacinada com, pelo menos, a primeira dose, e mais de 87% dos munícipes imunizados com as duas doses da vacina contra o coronavírus.

A vacina√ß√£o continua normalmente em todas as 30 Unidades de Sa√ļde da Fam√≠lia (Usafas), de segunda a sexta-feira, das 9 √†s 16 horas.

No Gin√°sio Falc√£o est√£o dispon√≠veis as vacinas contra a Covid-19, gripe e sarampo. √Č necess√°rio levar documento de identidade, carteira de vacina√ß√£o e comprovante de resid√™ncia.

Poderão tomar a primeira e a segunda doses da vacina contra a Covid-19 todas as pessoas acima dos 5 anos de idade que ainda não receberam o imunizante. A terceira dose também poderá ser aplicada às pessoas acima de 18 anos, além de gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto) e adolescentes imunossuprimidos entre 12 e 17 anos. A quarta dose segue sendo ofertada a adultos imunossuprimidos e idosos acima de 60 anos, sendo que estes poderão receber ao mesmo tempo a vacina contra o vírus da influenza.

A vacina contra a gripe está disponível também para todas as gestantes e puérperas, trabalhadores da educação, população indígena, indivíduos com deficiência e pessoas com comorbidades. As gestantes precisarão mostrar o comprovante de estado gestacional (carteira de acompanhamento e/ou pré-natal ou laudo médico). Já as puérperas deverão levar a declaração do nascimento da criança.

Para receber a vacina, os trabalhadores da educação precisarão apresentar o comprovante do local de trabalho no Município de Praia Grande. Pessoas com comorbidades deverão levar um comprovante da condição de comorbidade por meio de exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

Crian√ßas de seis meses a cinco anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias) e trabalhadores da sa√ļde poder√£o tomar a vacina da gripe e do sarampo. Os profissionais dever√£o apresentar, al√©m da identidade e da carteirinha de vacina√ß√£o, documento que comprove trabalho em institui√ß√£o de sa√ļde.

Foto: Fernando Frazão/Arquivo Agência Brasil