PUBLICIDADE

1.0 - SANTOS

Artista de Santos cria exposição

A exposição “trezeMARIAS”, de Vanessa Rodrigues fala de envelhecimento, sonhos e esquecimento por meio imagens lambe-lambe e áudios em treze fachadas de cortiços localizados na rua Amador Bueno, no Centro de Santos, entre a rua da Constituição e o cemitério do Paquetá.

Mais de 14 mil pessoas vivem nos cortiços de Santos, mais de 1 mil são mulheres acima de 60 anos. Treze delas são as Marias.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

As Marias, que represento nesse trabalho, são moradoras de casarões erguidos no fim do século XIX, durante o ciclo áureo do café em Santos. Estes lugares fazem parte da construção da memória visual da cidade. Além da arquitetura, estas moradias carregam, na imagem crítica, as histórias e o tempo-espaço de mulheres com mais de 60 anos, que vivem em um mundo atrás das fachadas, portas e janelas. Esquecidas pelo ritmo acelerado de uma cidade que avançou para o mar e deixou, para trás, sonhos de treze mulheres,que são pessoas importantes e precisam ser ouvidas.

O projeto autoral trezeMARIAS narra a história, o feminismo e os sonhos dessas mulheres que buscam um lar próprio e salubre. Para representá-las e dar voz a essas mulheres, será realizada a intervenção urbana trezeMARIAS. Lambe-lambes e áudios serão instalados em treze fachadas de cortiços, que se encontram abandonados ou fechados, na rua Amador Bueno, no centro da cidade,  entre a rua da Constituição e o cemitério do Paquetá

O trabalho faz parte da conclusão da especialização em Fotografia pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).