PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Paço Municipal de Santos passa a ter controle de acesso

Da Redação

A partir desta segunda-feira (10), o acesso ao Paço Municipal pela Praça Mauá será controlado com catracas eletrônicas. Pela primeira vez, a sede do Executivo terá entrada e saída por meio destes equipamentos, o que dará mais segurança aos servidores, frequentadores, prestadores de serviço e ao próprio patrimônio público.

 - REVISTA MAIS SANTOS

De acordo com o secretário de Gestão, Adriano Leocádio, as mudanças estão relacionadas ao Centro Integrado de Gestão de Atendimento e do Monitoramento Urbano de Santos (CCO), em fase final de implantação no embasamento do Paço Municipal.

Segundo explicou, em um segundo momento, a entrada lateral, pela Rua General Câmara, e o acesso ao CCO também serão feitos por meio de catracas.

“Todos que tiverem entrada rotineira no Paço, incluindo funcionários de secretarias e setores localizados na Rua d. Pedro II, já estão cadastrados e terão acesso liberado por meio dos crachás. Ou seja, eles têm que estar utilizando os crachás para entrar. Os outros servidores, visitantes e prestadores de serviço deverão se cadastrar na recepção para ter acesso liberado. A implantação do CCO visa mais segurança, controle e monitoramento da Cidade e, por isso, é importante que a medida comece pelo próprio Paço”.

Na entrada principal, são três catracas comuns e uma para pessoas com deficiência. Elas são acionadas por meio da leitura do chip do crachá ou do cartão do visitante, que, na saída, deve ser depositado no equipamento.

“A catraca separa o acesso por área. O cadastro que será feito na recepção vai direcionar a pessoa automaticamente para as áreas onde pode ir. Para a sua repartição, algumas secretarias ou ao CCO, por exemplo”, explicou o chefe do Departamento de Gestão de Tecnologia de Informação e Telecomunicações (Detic), Adison Reis.

Em caso de dificuldade de acesso, perda ou problemas com o crachá, o servidor pode solicitar a segunda via do documento pelo e-mail identidade@santos.sp.gov.br, com nome completo, RG, telefone para contato, registro profissional e uma foto que deve ter fundo branco, semelhante a de um RG, e que pode ser tirada por câmara digital ou celular.

Recepcionista bilíngue

O secretário de Gestão afirmou que a recepção localizada no saguão está passando por mudanças e contará com profissional bilíngue. “Queremos que, com a retomada do turismo, o Paço esteja preparado para recepcionar estrangeiros tanto a passeio como em negócios. O local é um equipamento turístico importante”.

Fotos: Marcelo Martins/PMS