PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Restaurante-escola em Santos prepara card√°pio especial para os namorados

Da Redação

Quer fazer bonito para o seu par, comemorando o Dia dos Namorados com um almo√ßo em um restaurante cheio de estilo, card√°pio completo diferenciado e ainda a pre√ßo que cabe no bolso? O Esta√ß√£o Bistr√ī Restaurante-Escola (Esta√ß√£o do Valongo, Largo Marqu√™s de Monte Alegre, 2, t√©rreo, Centro Hist√≥rico) vai comemorar, neste s√°bado (12), das 12h √†s 15h, a data mais rom√Ęntica do ano com o que faz de melhor: pratos com muito sabor e de apresenta√ß√£o caprichada.

O cardápio especial, a R$ 59,90 por pessoa, começa com uma saquerita de morango como drink de boas-vindas, tendo filé de peixe grelhado com crosta de castanhas, salsa de manga e batata hasselback com bacon e queijo como prato principal. De sobremesa, crumble de banana com calda de morango, acompanhado de sorvete de creme.

Para quem preferir, as op√ß√Ķes de carnes, massas e saladas tamb√©m estar√£o dispon√≠veis, com os pre√ßos habituais. O restaurante-escola segue todas as orienta√ß√Ķes sanit√°rias de combate ao coronav√≠rus e trabalha com capacidade reduzida, disponibilizando apenas 40 lugares no sal√£o.

Projeto

Equipamento da Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur), o Esta√ß√£o Bistr√ī √© uma parceria com a Universidade Cat√≥lica de Santos, voltada √† prepara√ß√£o de jovens de 18 a 29 anos em situa√ß√£o de risco social, cadastrados nos Centros de Refer√™ncia de Assist√™ncia Social (Cras), vinculados ao Programa de Qualifica√ß√£o Novo Rumo da Seas (Secretaria de Assist√™ncia Social).

Durante sete meses de curso, os alunos fazem rodízio semanal nos diferentes setores do restaurante e, ao final de cada etapa, os instrutores avaliam o desempenho individual e coletivo. Os jovens recebem aulas teóricas e práticas ministradas pelos professores do Curso de Gastronomia e Nutrição da universidade, além de inglês instrumental oferecido pela Seduc (Secretaria de Educação). Os alunos têm direito a vale transporte, bolsa-auxílio de um salário mínimo e seguro de vida.

O projeto, ativado há nove anos, já formou 13 turmas, totalizando 321 jovens, 38% dos quais integrados ao mercado de trabalho antes mesmo de concluído o curso.

Foto; C√Ęndido Gonzalez/PMS/Arquivo