PUBLICIDADE

Santos / Educação

Escolas municipais de Santos j√° somam cinco casos de Covid; h√° ainda 14 suspeitos

Da Redação

Já são cinco os casos confirmados de Covid-19 após o início das aulas presenciais, na rede municipal de ensino. Após o da auxiliar de Biblioteca na escola Dino Bueno, assintomática, que não teve contato com alunos, mais quatro foram verificados. Além disso, há 14 casos suspeitos.

Uma cozinheira da escola Cyro de Athayde Carneiro (Morro Nova Cintra) apresentou sintomas e testou positivo na √ļltima quarta-feira (17), por meio de teste r√°pido. A funcion√°ria foi imediatamente afastada por 10 dias. Uma outra cozinheira, que teve um contado mais pr√≥ximo com ela, tamb√©m permanece afastada; se n√£o apresentar sintomas, retornar√° √†s atividades na segunda (dia 22).

Na escola Lourdes Ortiz (Aparecida), uma professora apresentou sintomas da doença. O exame foi feito nesta sexta-feira (19) e confirmou a infecção. A funcionária está com atestado médico de 10 dias. Seis funcionárias que tiveram contato com a docente serão afastadas a partir da próxima segunda (dia 22).

Na escola Maria Helena Roxo, uma professora, que j√° estava afastada desde o dia 12 (quinta-feira), teve teste confirmado no √ļltimo dia 15 (segunda), e vai permanecer mais 14 dias em afastamento. Um aluno, que teve contato com a professora, est√° em atendimento remoto.

Na unidade Colégio Santista, uma auxiliar de limpeza, que está afastada desde segunda (dia 15), testou positivo para a doença.

Casos Suspeitos

Al√©m dos oito casos suspeitos, monitorados pelo PSE (Programa Sa√ļde na Escola), mais seis casos suspeitos foram informados √†s unidades de ensino:

РDois alunos, da escola Esmeraldo Tarquínio (Bom Retiro);

– Um aluno, da Pedro II (Ponta da Praia);

РUm professor, da escola 28 de fevereiro (Saboó);

– Uma professora, da escola Jo√£o Ign√°cio de Souza (R√°dio Clube);

РUma cozinheira, da unidade Colégio Santista (Vila Nova).

Orienta√ß√Ķes

Segundo a Seduc, as famílias que tiverem condição de risco maior ao agravamento da covid, como pessoas com comorbidade em casa, idosos etc., assim como os pais que não desejarem enviar os filhos às escolas, podem optar por seguir com o aprendizado ao aluno no modelo remoto.

As aulas foram retomadas na rede municipal no sistema híbrido, com retorno gradual das atividades presenciais, em dias alternados e limite da capacidade em até 20%, além de todos os protocolos sanitários e de segurança.

De acordo com a pasta, todas as UMEs estão de portas de abertas executando o retorno gradual das atividades presenciais. Apenas alguns alunos que tiveram contato com casos suspeitos da doença passaram a ter exclusivamente aulas remotas, como medida preventiva.

Foto: Reprodução/Google Street View