PUBLICIDADE

Santos / Educação

Santos é integrada na rede internacional de educação mdiática

Da Redação

A tend√™ncia √© que a educa√ß√£o seja modernizada e que haja um acesso mais pr√°itico √†s informa√ß√Ķes por meio da tecnologia. Santos agora integra √† MIL Alliance, que √© a rede internacional da Unesco (Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas para a Educa√ß√£o, a Ci√™ncia e a Cultura) e assim poder√° investir na alfabetiza√ß√£o e educa√ß√£o para a m√≠dia e informa√ß√£o.

Um encontro virtual aconteceu na ter√ßa-feira (24) e al√©m de Santos, representantes¬†de pa√≠ses como Estados Unidos, M√©xico, √ćndia, Jamaica, Brasil, Turquia e R√ļssia tamb√©m participaram. A confer√™ncia on-line foi acompanhada pelas autoridades municipais da sala do Centro de Controle Operacional (CCO), na Prefeitura.

De acordo com a Prefeitura de Santos, o ingresso na rede representa mais um compromisso com a formação midiática, a possibilidade dar visibilidade a projetos já desenvolvidos em Santos. Além disso, poderá haver a troca de experiências com outras iniciativas.
Segundo o chairman (presidente) da Unesco MIL Alliance em Paris, na Fran√ßa, Alexandre Le Voci Sayad, ele se aproximou do Munic√≠pio para propor maneiras da Cidade se integrar a outros locais que educam para a m√≠dia, incluem digitalmente, lutam contra a desinforma√ß√£o. “A reuni√£o de hoje oficializou a ades√£o de Santos a essa ideia. Vamos continuar a desenvolver em conjunto esse processo”.
A ades√£o foi comemorada pela prefeita em exerc√≠cio Renata Bravo. “Fazer parte deste grupo √© um reconhecimento para a√ß√Ķes e projetos j√° realizados na Cidade. Agora poderemos compartilhar este conhecimento com o mundo e trocar informa√ß√Ķes importantes”.
A rede MIL Cities est√° se preparando para se tornar um selo. Assim como o das Cidades Criativas. No momento, o trabalho est√° voltado ao estabelecimento dos par√Ęmetros para a certifica√ß√£o.
A secret√°ria adjunta de educa√ß√£o, Maria Helena Marques, tamb√©m participou da reuni√£o. “Precisamos formar cidad√£os cr√≠ticos e capazes de combater a desinforma√ß√£o, atuando na propaga√ß√£o de not√≠cias e dados verdadeiros. √Č preciso que todos sejam envolvidos, crian√ßas, jovens, adultos e idosos, al√©m de todos os espa√ßos p√ļblicos e ambientes que fazem parte de uma cidade”.
O diretor do Parque Tecnológico de Santos, Rogério Vilani, também participou do encontro virtual. O setor contribui com a cultura midiática fazendo a associação com a tecnologia.
Entenda o que é a alfabetização midiática
A alfabetiza√ß√£o midi√°tica busca desenvolver conhecimentos e atitudes para que as pessoas entendam e avaliem o papel e o conte√ļdo da m√≠dia, assim como incentiva a cria√ß√£o de produtos de m√≠dia. A educa√ß√£o midi√°tica contribui para evitar a desinforma√ß√£o e a dissemina√ß√£o de not√≠cias falsas, al√©m de ser um pilar para a constru√ß√£o de um conhecimento de qualidade.
Em Santos, vários projetos em andamento estão voltados para a educação midiática e formação do senso crítico. Conheça:
Comunica√ß√£o e Multiletramento integrados ao curr√≠culo das escolas – desde 2019, a disciplina de Comunica√ß√£o e Multiletramento foi integrada √† matriz curricular das escolas municipais de ensino fundamental para todos os alunos do 1¬ļ ao 5¬ļ ano, com o objetivo de formar cidad√£os capazes de compreender o papel e as fun√ß√Ķes da m√≠dia e de outros provedores de informa√ß√£o.
Foto: Divulgação PMS