PUBLICIDADE

Santos / Porto

Portuários ameaçam greve se não houver resposta sobre vacinação da categoria

Da Redação

A falta de respostas por parte do Poder P√ļblico relacionadas √† vacina√ß√£o dos trabalhadores portu√°rios pode levar a uma greve da categoria nos pr√≥ximos dias. As lideran√ßas de todos os sindicatos ligados ao setor ir√£o se reunir na manh√£ de segunda-feira (24) e, na sequ√™ncia, deve ser feito o edital de convoca√ß√£o para uma assembleia, possivelmente marcada para sexta-feira (28).

“O prazo para uma resposta √© esta semana. A gente vai dar esse prazo. Se n√£o derem resposta, infelizmente vamos ter que parar”, afirma Bruno Jos√© dos Santos, presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos, em contato com o Portal Mais Santos. “Na assembleia ser√° decidido se vai ser feita greve ou n√£o, dependendo da resposta. Se for decidida a greve, ela se inicia no mesmo dia ou no dia seguinte”, emenda.

Os estivadores foram colocados como categoria essencial. A Prefeitura de Santos recebeu, nesta terça-feira (18), o pleito dos trabalhadores do Porto no sentido de antecipar a vacinação contra a covid-19 para a categoria.

“Tentamos de todos os jeitos. Pedimos na diplomacia para os governos municipal, estadual e federal. N√£o tivemos resposta. Muitas mortes est√£o acontecendo e trabalhadores, sendo contaminados. Ent√£o n√£o tem mais o que esperar. Temos que partir para a greve porque na diplomacia n√£o est√° dando certo”, argumenta o dirigente sindical.

Crédito da foto: Divulgação Sindaport/Arquivo