PUBLICIDADE

Social Mais Santos

As boas lembranças da infância

Com o único compromisso de “viver e não ter a vergonha de ser feliz”, como tão bem registrou o cantor e compositor Luiz Gonzaga, a infância é, sem dúvida, o melhor período da nossa vida. São dias intermináveis de brincadeiras, sem compromissos, preocupações, correria, onde o que vale é conhecer novas experiências e possibilidades que nos são oferecidas.
É um período em que os pequenos(as) devem ter orgulho de seguir o seu caminho e fazer suas escolhas de acordo com o que acredita e deseja para si, sem medo de julgamentos e crendo verdadeiramente que merece ser feliz sim.
Nesta fase da vida os erros se tornam aprendizados e ganham status de experiências. Não há apontamentos, julgamentos ou pré conceitos. Tudo é válido e deve ser vivido. Esses momentos servirão de base – em um futuro bem próximo – para te resguardar e lembrar seus limites, garantindo lembranças desses bons momentos em nossa trajetória de vida.
E essas recordações estarão em um cheiro, uma comida (doce ou salgada), um ambiente familiar, a casa dos avós, o reencontro com a família… são infinitas situações. O importante é orgulhar-se sempre de desfrutar dessa maravilha que é viver e ser feliz.