PUBLICIDADE

Internacional

No 1¬ļ jogo da final da Libertadores, Boca e River ficam no empate

Foto: Marcos Brindicci/Reuters

Um dia ap√≥s o planejado,¬†Boca Juniors¬†e¬†River Plate¬†entraram em campo para a disputa do jogo de ida da final da¬†Copa Libertadores da Am√©rica¬†na¬†Bombonera, que estava alagada no √ļltimo s√°bado depois de muita chuva em¬†Buenos Aires. o¬†Supercl√°ssico¬†terminou¬†empatado em 2 a 2¬†neste domingo e a decis√£o do grande campe√£o da competi√ß√£o continental ficar√° para o segundo confronto entre os grandes rivais argentinos.

Ramon √Ābila e Benedetto, que entrou no decorrer da partida, fizeram os gols da equipe xeneize, que ficou √† frente no placar em duas oportunidades. Lucas Pratto e¬†Izquierdoz contra anotaram os tentos dos Millonarios durante o movimentado duelo

As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 24 de novembro, √†s 18 horas (de Bras√≠lia), no est√°dio Monumental del Nu√Īez, para ver quem ser√° o grande campe√£o.

O jogo

Jogando em casa, o Boca Juniors tentou pressionar nos primeiros minutos, contudo s√≥ teve mais posse de bola e n√£o conseguir criar nenhuma grande oportunidade. A primeira grande chance foi do River Plate aos sete minutos. Em cobran√ßa de falta pela direita, Gonzalo Mart√≠nez colocou no √Ęngulo e Rossi defendeu. No escanteio, Lucas Mart√≠nez cabeceou e a bola passou muito perto.

Depois de um chute de longe aos dez, a equipe xeneize chegou aos 13. √Ābila invadiu pela direita, saiu da marca√ß√£o de Maidana, mas cruzou em cima da defesa e ficou reclamando de p√™nalti. A resposta dos Millonarios veio aos 15 minutos. Ap√≥s cruzamento do lado direito, Borr√© cabeceou com muito perigo e Rossi fez mais uma grande defesa. No minuto seguinte, em contra-ataque, o cruzamento passou por toda √°rea na frente do goleiro.

A primeira confus√£o da final aconteceu aos 22 minutos. Os jogadores ficaram no empurra empurra ap√≥s lance na lateral, contudo ningu√©m foi penalizado e os √Ęnimos foram acalmados rapidamente pela arbitragem.

Quando a partida estava ficando um pouco mais morna, o Boca Juniors conseguiu abrir o placar. Em jogada r√°pida e de troca de passes, √Ābila recebeu na entrada da √°rea, saiu da marca√ß√£o e bateu. Armani defendeu como deu, ningu√©m chegou para afastar e o atacante completou para o gol.

Os comandados de Marcelo Gallardo conseguiram devolver logo em seguida. Aos 35, Gonzalo Martínez arrancou e lançou para Lucas Pratto, que entrou pelo lado direito da área e bateu cruzado para balançar as redes adversárias.

A virada quase saiu aos 39 minutos. Depois de cruzamento, Gonzalo Martínez finalizou de primeira da entrada da área e Rossi teve que fazer boa defesa. Um minuto depois, o camisa 10 foi lançado e desperdiçou uma grande chance ao sair cara a cara com o goleiro e bater para fora.

No final do primeiro tempo, o Boca Juniors voltou a ficar à frente no placar e a estrela de Benedetto, que entrou no lugar do lesionado Pavón, voltou a brilhar. Villa cobrou a falta do meio de campo para a área e Benedetto apareceu perto da pequena área para cabecear para o fundo da meta adversária em lance que a zaga foi muito mal.

Após os primeiros minutos mais mornos na volta para o segundo tempo, o River Plate conseguiu ter duas chances. Aos dez, em contra-ataque, Motiel finalizou rasteiro e Rossi defendeu. Três minutos depois, Casco chegou finalizando na intermediária e a bola passou perto da meta adversária.

O empate veio aos 15 minutos. Em falta de longe pela direita, Martínez mandou para a área e Izquierdoz desviou de cabeça contra a própria meta na disputa com Lucas Pratto antes da bola morrer no fundo do gol.

Ap√≥s o segundo gol do River Plate, a partida ficou mais de √°rea a √°rea e sem grandes oportunidades. Aos 33, √Ābila tocou de calcanhar, que tocou para T√©vez mandar uma bomba e assustar, mas o lance j√° estava paralisado por causa de um impedimento.

Armani salvou o time de Gallardo aos 45 minutos da partida. Tévez recebeu a bola nas costas da defesa e passou para Benedetto. O atacante carrasco do Palmeiras estava livre, contudo parou no arqueiro millonario.

Reprodução Terra